Preso homem suspeito de ter matado mulher em assalto, em Moreno

Robson da Silva Adelino, 22, foi detido no último domingo. Zenilda Lúcia, 61, morreu após bater com a cabeça no chão durante assalto

Senadora Marta SuplicySenadora Marta Suplicy - Foto: Waldemir Barreto/ Agência Senado

O homem suspeito de ter matado uma mulher, em Moreno, na Região Metropolitana do Recife, durante um assalto, foi preso no último domingo (6). Robson da Silva Adelino, de 22 anos, foi detido no bairro da Mangueira.

Ele foi levado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro do Cordeiro, no Recife, onde foi autuado em flagrante. Robson será encaminhado para audiência de custódia ainda na manhã desta segunda-feira (7). Segundo a polícia, o rapaz havia chegado de São Paulo e a família dele mora no município.

Zenilda Lúcia da Silva, de 61 anos, morreu, na manhã do último domingo, após bater com a cabeça no chão durante um assalto. A investida aconteceu na noite do último sábado (5), quando a mulher saía do salão de beleza. Ela caminhava pela rua André Vidal de Negreiros, no bairro da Mangueira, quando Robson teria passado em uma moto e puxou a bolsa dela.

Na disputa pela bolsa, a mulher foi empurrada e caiu, batendo a cabeça no meio-fio. Zenilda ainda chegou a ser socorrida ao Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, no Recife, mas não resistiu aos ferimentos e morreu neste domingo. O corpo de Zenilda foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), no Recife. O velório acontece na manhã desta segunda-feira (7), no Cemitério Morada da Paz, no Recife.

Veja também

Paulo Skaf, que se reuniu com Bolsonaro, está com Covid-19
Bolsonaro

Paulo Skaf, que se reuniu com Bolsonaro, está com Covid-19

Três homens assaltam trem em Jaboatão dos Guararapes

Três homens assaltam trem em Jaboatão dos Guararapes