Presos três suspeitos de assalto a ônibus

O grupo, que inclui um adolescente de 16 anos, atuava no bairro de Joana Bezerra e na Avenida Agamenon Magalhães

A Polícia Civil apresentou a prisão de três suspeitos de praticar assaltos a ônibus no Grande Recife, dentre eles, um adolescente de 16 anos. A área de atuação do grupo era na região do bairro de Joana Bezerra, e na avenida Agamenon Magalhães. Os infratores foram identificados após a polícia verificar o circuito interno de câmeras do ônibus da linha T.I. Xambá/Joana Bezerra, coletivo que assaltaram na última Quinta-Feira(30) a noite.

Após investigação da polícia, eles foram detidos em suas respectivas residências. O suspeito Danilo Gomes, de 24 anos, e seu comparsa André Santos Ferreira, o Sassá, de 28 anos, foram presos na manhã de Sexta-Feira(31), dia seguinte ao assalto. O mais novo só foi encontrado após um cerco da polícia na área do mangue, onde ele pretendia permanecer por mais dois dias de tocaia para se evadir da polícia. “Ele cometia os assaltos e se escondia num mangue em Joana Bezerra. Tivemos dificuldade para pegá-lo, por conta da geografia da região. Os outros dois foram para casa e ficaram circulando pela rua.” contou o delegado Vladimir Lacerda.

O menor infrator é o mesmo que assaltou um vigilante na Escola Municipal José da Costa Porto, localizada também no bairro de Joana Bezerra, tomando sua arma, e usando-a durante suas ações. Apesar de ser o mais novo, ele assumia a posição de liderança do grupo. “Era ele quem rendia o motorista enquanto os comparsas recolhiam os pertences das vítimas. Inclusive com uma arma fruto de roubo.” completou Vladimir Lacerda. Disse também que os assaltos eram para que os meliantes comprassem roupas de grife, tênis de marca e celulares, roubos voltados para o consumismo da quadrilha.

A polícia civil disse ainda estar com dez equipes voltadas para os assaltos a ônibus, a tendência é diminuir os números. Segundo o delegado que lidera a força de assaltos a ônibus, Joel Venâncio, o efetivo está com um plano operacional de planejamento para coibir essas ações, mas é necessário a participação das empresas também. “A gente ainda se depara com as empresas que não cumprem o padrão de segurança exigido, como por exemplo as câmeras dos ônibus” disse. Além disso, com a divulgação das imagens, e através das denúncias, a polícia espera encontrar mais suspeitos de assaltos ônibus. Mostrando que não ficarão impune os criminosos que praticam esses crimes.

Veja também

Shopping Guararapes recebe doações de sangue em campanha de coleta externa do Hemope
Doe vida

Shopping Guararapes recebe doações de sangue em campanha de coleta externa do Hemope

Alemanha quer restringir voos com Brasil, Reino Unido, África do Sul e Portugal
Covid-19

Alemanha quer restringir voos com Brasil, Reino Unido, África do Sul e Portugal