Nossa Senhora dos Prazeres

Procissão reúne milhares de fiéis em encerramento da 365ª Festa de Nossa Senhora dos Prazeres

Após a procissão, o arcebispo de Olinda e Recife realizou a bênção do Santíssimo Sacramento

Milhares de fiéis participam da tradicional procissão para Nossa Senhora dos Prazeres Milhares de fiéis participam da tradicional procissão para Nossa Senhora dos Prazeres  - Foto: Ed Machado/ Folha de Pernambuco

Com o tema “Com Maria rezemos pela paz”, a 365ª Festa de Nossa Senhora dos Prazeres reuniu milhares de fiéis durante os nove dias de homenagens em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Nesta segunda-feira (25), aconteceu a tradicional procissão, que saiu do Santuário de Nossa Senhora dos Prazeres, no Monte dos Guararapes, e percorreu ruas e avenidas dos bairros de Jardim Jordão, Prazeres e Guararapes, e retornou à Igreja. 

Este ano, as homenagens à santa puderam ser realizadas com missas, novenas e procissões, desde o Domingo de Páscoa, quando ocorreu a Procissão das Bandeiras, após dois anos sem a presença do público devido à pandemia da Covid-19. 

Após a procissão, o arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, realizou a bênção do Santíssimo Sacramento.

“A gente percebe no rosto de cada um a alegria de estar aqui. Foram dois anos sem essa oportunidade e agora voltamos a nos encontrar com a graça de Deus”, disse Dom Fernando.

Fiéis celebram Nossa Senhora
Presente à procissão, Maria Ilza, de 66 anos, descreveu o momento como de muita alegria. “Eu me sinto muito feliz, eu fico tão ansiosa quando eu venho, eu gosto de vir demais, eu amo. Faz dois anos que não tinha por causa da pandemia, e este ano eu disse ‘Eu vou em nome de Jesus’, é muita alegria, muita emoção", destacou. 

Devota à Nossa Senhora, Maria Antônia, de 68 anos, celebra a volta com a presença do público. "É muita fé que a gente tem e estou muito feliz que este ano teve a procissão de Nossa Senhora. É alegria para todos nós que estamos acompanhando. Que Nossa Senhora cubra a gente com o manto dela”, pontuou. 

Denise Porquarto, de 43 anos, também marcou presença na procissão, da qual faz questão de participar todos os anos. “É inexplicável, não tem como descrever a emoção de participar da procissão de Nossa Senhora. Passamos dois anos sem, por causa da pandemia, mas graças a Deus voltamos, não tem coisa melhor”. 

Presente às homenagens à padroeira, o prefeito do Jaboatão dos Guararapes, Mano Medeiros, lembrou importância centenária da celebração. “Esse é um dos principais momentos que os devotos de Nossa Senhora dos Prazeres têm para expressar sua fé. É uma homenagem que acontece há 365 anos e, lamentavelmente, nos últimos dois anos, teve que acontecer sem a presença dos fiéis. Mas a situação está se normalizando, com as pessoas vacinadas e tomando todos os cuidados. Tenho certeza de que, em 2023, teremos uma festa ainda melhor”.

Veja também

Incêndios florestais deslocam 25 mil pessoas no Canadá
AMÉRICA DO NORTE

Incêndios florestais deslocam 25 mil pessoas no Canadá

Joe Biden diz que os EUA precisam de 'vozes mais jovens'
eleições NOS EUA

Joe Biden diz que os EUA precisam de 'vozes mais jovens'

Newsletter