Procon e SJDH fazem blitz no Marco Zero

Instituições verificaram regularidade dos estabelecimentos

Fiscais não encontraram irregularidadesFiscais não encontraram irregularidades - Foto: Aurélio Duvivier/ Divulgação

Técnicos da Secretaria de Justiça e Diretos Humanos (SJDH) e do Procon-PE realizaram, nesta sexta-feira (09), fiscalizações educativas e punitivas em bares e lojas localizadas no Recife Antigo. A iniciativa faz parte do “Carnaval de Todxs com Direitos”. Na inspeção foram verificadas lojas, bares e restaurantes na rua do Bom Jesus e na avenida Alfredo Lisboa.

Entre os itens observados, estiveram a validade de alimentos, os preços ao consumidor, a possível pratica de vendas casadas. Nenhum estabelecimento foi autuado porque não foram encontradas irregularidades. “A fiscalização é de suma importância para que o consumidor se sinta protegido até no Carnaval e não se deixe enganar por preços abusivos e vendas casadas, por exemplo. Para qualquer denúncia, estamos disponíveis no Procon móvel até terça (13) ao lado da sede da SJDH”, disse o fiscal do órgão, Cícero Bezerra.

A estratégia “Carnaval de Todxs com Direitos” também fará atendimento ao público em casos de violação de direitos à pessoa idosa, negra, comunidade LGBT, vítimas de intolerância religiosa. Nos espaços montados nos focos de folia, o cidadão conta com assistência de técnicos do Centro Estadual de Combate à Homofobia (CECH), das Coordenadorias Estadual LGBT e de Igualdade Racial, do Centro Integrado de Apoio e Proteção à Pessoa Idosa de Pernambuco (CIAPPI) e da Superintendência Estadual do Idoso.

Veja também

Óleo que atingiu praias do Nordeste veio de petroleiro grego, conclui a PFCrime ambiental

Óleo que atingiu praias do Nordeste veio de petroleiro grego, conclui a PF

Supremo valida Marco Legal do SaneamentoSaneamento

Supremo valida Marco Legal do Saneamento