Procon fiscaliza barbearias na RMR; cinco têm problemas

O principal foco da ação é prevenir que essas barbearias comercializem outros materiais além do que está previsto pelo regimento

Fiscalização Procon-PEFiscalização Procon-PE - Foto: Procon-PE/ Divulgação

A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor de Pernambuco (Procon-PE) fiscalizam barbearias da Região Metropolitana do Recife (RMR). Intitulada Operação Navalha, a ação tem como objetivo fiscalizar se há produtos vencidos nas barbearias e se os estabelecimentos possuem informação de que o cliente pode trazer seus próprios utensílios para a realização dos procedimentos estéticos, tais como tesoura e lâminas.

O principal foco da ação é prevenir que essas barbearias comercializem outros materiais além do que está previsto pelo regimento. Até o momento do fim da manhã, a coordenadoria já fiscalizou 18 estabelecimentos e cinco foram notificados.

Leia também:
Procon-PE realiza Mutirão dos Superendividados em Carpina
Procon encontra remédios superfaturados em Pernambuco

De acordo com o órgão, duas lojas, localizadas nos bairros da Boa Vista e Boa Viagem, foram notificadas por falta de precificação, inexistência de uma tabela de preço e os produtos vencidos.  

Outras três, localizadas no Parnamirim e em Casa Forte, foram encontradas irregularidades - 47 garrafas de cerveja e sete de refrigerante foram descartadas, todas vencidas, algumas com data de validade de março.

Veja também

Celebração do Ano-novo na Times Square, em Nova York, será virtual
ANO NOVO

Celebração do Ano-novo na Times Square, em Nova York, será virtual

Manaus pode ter atingido 'imunidade de rebanho', aponta estudo
Coronavírus

Manaus pode ter atingido 'imunidade de rebanho', aponta estudo