A-A+

Fiscalização

Procon-PE interdita três bares na RMR por desrespeito aos protocolos sanitários

Também no fim de semana, outros locais foram autuados e multados, segundo o órgão de fiscalização

Interdição de bar por desrespeito aos protocolosInterdição de bar por desrespeito aos protocolos - Foto: Divulgação/Procon-PE

Três bares foram interditados no final de semana durante fiscalização do Procon-PE. Segundo divulgou o órgão nesta segunda-feira (13), os estabelecimentos desrespeitavam os protocolos sanitários de combate à Covid-19 em vigor. Cerca de 45 estabelecimentos foram visitados entre a sexta-feira (10) e o domingo (12). 

Na sexta, o bar Seu Lessa, no Arruda, Zona Norte do Recife, foi o primeiro a ser interditado durante o fim de semana. Segundo o Procon, muitos consumidores no local não usavam máscaras e nem praticavam o distanciamento social.

Já em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife (RMR), o Quintal 191 Bar e Grill foi autuado por fiscais por funcionar fora do horário permitido - atualmente, segundo as regras do Plano de Convivência com a Covid-19, os bares devem funcionar até meia-noite. 

No sábado (11), em Paulista, na RMR, os bares Hangar da Breja e Seu Birita foram autuados e interditados por ter aglomeração de pessoas e consumidores sem usar a máscara corretamente.

Os ficais constataram que havia clientes em pé, sem distanciamento social e os locais ainda funcionavam após o horário permitido por decreto estadual. 

Na Zona Norte do Recife, no bairro do Poço da Panela, o U.Bar foi multado por ter consumidores em pé e sem uso correto de máscara.

No domingo, os estabelecimentos Tardizinha Premium Bar; Boteco do Cheff e o Guaiamundo do Forte, todos localizados em Paulista, na RMR, foram multados por descumprimento das medidas de proteção. 

A equipe constatou que nos locais havia consumidores circulando sem fazer o uso da máscara de proteção.

Fiscalização do Procon-PE interditou bares no fim de semana (Foto: Divulgação/Procon-PE)

Além do Procon-PE, participaram do fim de semana de fiscalização Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa), Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Diretoria de Controle Urbano (Dircon) e Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU).

De janeiro de 2021 até agora, mais de 1.730 bares e restaurantes foram fiscalizados pelo Procon-PE. Desse total, cerca de 400 receberam auto de constatação e 113 foram interditados.

Como denunciar
Para denunciar situações de irregularidade, o Procon-PE disponbiliza os seguintes canais de atendimento:

Telefone: 0800.282.1512 - segunda a sexta, das 8h às 17h
WhatsApp: 81 3181-7000 - qualquer hora e todos os dias
Instagram: @proconpe

Denúncias também podem ser feitas à Polícia Militar de Pernambuco, através do número 190.

Veja também

Saúde promove Dia "D" de vacina antirrábica na fronteira com a Bolívia
Saúde

Saúde promove Dia "D" de vacina antirrábica na fronteira com a Bolívia

Talibãs exibem corpos de sequestradores em cidade no Afeganistão
Mundo

Talibãs exibem corpos de sequestradores em cidade no Afeganistão