Procuradores da Lava Jato no mundo da lua

O ex-deputado Pedro Corrêa é um dos 11 políticos do PP que tiveram contas bloqueadas por um juiz do Paraná

Inaldo SampaioInaldo Sampaio - Foto: Colunista

Procuradores da Lava Jato ajuizaram ação civil pública pedindo que o PP devolva aos cofres públicos 2,3 bilhões, sendo 460 milhões de propina supostamente recebida da Petrobras, 1,4 bilhão de multa e o restante pela prática de “danos morais coletivos”. Trata-se de um pedido irreal, pois nem o partido e tampouco a sua direção têm como buscar esse dinheiro. Para completar esse quadro surreal, um juiz do Paraná decretou o bloqueio de 476 milhões em contas bancárias de 11 políticos do partido, entre eles o ex-deputado pernambucano Pedro Corrêa, de quem foram bloqueados 46, 8 milhões. A sentença foge ao princípio da eficácia, pois não adianta condenar alguém a devolver certa quantia se esse alguém não dispõe dos meios para viabilizá-la. A propósito, o ministro Gilmar Mendes declarou recentemente que antes de decidir se cassa a chapa Dilma-Temer, o TSE levará em conta a realidade política do país, “pois não temos juízes de Marte”. No caso do PP, porém, o juiz que deu a sentença parece que viver em outro planeta.

O ex-deputado Pedro Corrêa é um dos 11 políticos do PP que tiveram contas
bloqueadas por um juiz do Paraná
Conselho rejeitado
Sobre conselho do ministro Bruno Araújo (Cidades) de que deveria refletir muito antes de romper com a Compesa e municipalizar os serviços de água e esgoto do Cabo de Santo Agostinho, o prefeito Lula Cabral (PSB) disse o seguinte: “O pactuado tem que ser cumprido e quem está dando causa ao rompimento é a Compesa, que não honra o que assinou. Coragem não nos falta, pois o povo está do nosso lado”.
Troca > Gonzaga Patriota, Tadeu Alencar e João Fernando Coutinho seriam os três deputados do PSB mais prejudicados pela candidatura de João Campos à Câmara Federal em 2018. O “núcleo palaciano” pretende mandar o rapaz a Brasília com pelo menos 300 mil votos.

Confronto > O vereador e 1º secretário da Câmara do Recife, Marco Aurélio (PRTB), tenta impedir que as multas de trânsito no Recife sejam aplicadas pela CTTU através de câmaras de vídeo. “Não vi nenhuma ação de caráter educativo feita pela CTTU e sim o desejo de meter a mão do bolso do cidadão, que não aguenta mais pagar imposto”, disse o vereador.
Apoio > Pré-candidato à Câmara Federal pelo PSB, o secretário Milton Coelho (Administração) conta no seu bloco de apoiadores com o prefeito peemedebista Bruno Japhet (Ferreiros).
Pito > Do presidente estadual do PP, Eduardo da Fonte, sobre seu colega Fernando Monteiro ter declarado apoio em Garanhuns à reeleição de Paulo Câmara: “Quem vai decidir o que o partido fará em 2018 não é ele (Fernando) e sim a executiva regional”.

Veja também

Enem: cuidados na prevenção da Covid-19 devem ser mantidos no segundo dia de prova, neste domingo
Enem

Enem: cuidados na prevenção da Covid-19 devem ser mantidos no segundo dia de prova, neste domingo

Cerca de 4 milhões abandonaram estudos no País na pandemia, diz pesquisa
Brasil

Cerca de 4 milhões abandonaram estudos no País na pandemia, diz pesquisa