Professores da rede integral de ensino receberão formação em habilidades socioemocionais

O curso, com carga horária de 20h, estará disponível até junho deste ano, mas as inscrições devem ser feitas até o dia 30 de abril na plataforma Edu Livre

ComputadorComputador - Foto: Educa Mais Brasil

Profissionais da educação que trabalham nas Escolas de Tempo Integral de Pernambuco receberão formação sobre habilidades socioemocionais.

O curso, com carga horária de 20h, estará disponível até junho deste ano, mas as inscrições devem ser feitas até o dia 30 de abril na plataforma Edu Livre. A previsão de chegada da eletiva com o mesmo tema para os estudantes é no segundo semestre.

Durante a formação, os profissionais participarão de transmissões ao vivo que fazem parte do projeto. O objetivo é fomentar as ferramentas do ensino e aprendizagem.
A iniciativa é do grupo Educação Livre, Aliança NEO e da Secretaria de Educação do Estado.

Leia também:
De aula ao vivo a grade flexível, escolas privadas diversificam métodos durante pandemia
Estudantes chineses voltam às aulas com fortes medidas de segurança e medo do coronavírus

"É uma ação bastante importante até para esse momento de Pandemia. Estamos vendo alguns casos de depressão pelo isolamento. Trabalhar o emocional dos profissionais da educação, vai refletir nos alunos", ressalta a coordenadora local da Aliança NEO, Adriana Franco.

Com o uso de metodologias de aprendizagem através de jogos, a Precious Skills também será associada as didáticas aplicadas pelo Edu Livre. "Nossa intenção é seguirmos, apesar do necessário isolamento social, com as ações de formação continuada para os professores da nossa rede. A parceria com a Edu Livre no âmbito da Aliança NEO agregará novidades conceituais e metodológicas ao trabalho", contou Maria Medeiros, secretária Executiva de Educação Integral e Profissional da Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco.

Veja também

Classes mais altas têm maior potencial de contaminação em repique de casos, diz infectologista
Coronavírus

Classes mais altas têm maior potencial de contaminação em repique de casos, diz infectologista

Protestos contra violência policial deixam 56 mortos e fecham escolas na Nigéria
internacional

Protestos contra violência policial deixam 56 mortos e fecham escolas na Nigéria