Professores da UFRPE entram em greve na próxima terça

Categoria deflagrou a paralisação em assembleia nesta sexta-feira

ConcursoConcurso - Foto: Divulgação

Professores da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) deflagram greve por tempo indeterminado na próxima terça-feira. As informações foram confirmadas pela Associação dos Docentes (Aduferpe), que realizou uma assembleia geral na última quinta-feira (3), com o intuito de discutir as demandas da classe e realizar a votação que resultou na aprovação da greve. Segundo o órgão, ao todo foram 311 votos a favor, 43 votos contra e três abstenções.

A universidade, que possui quatro campus no Estado, alocados nos municípios de Cabo de Santo Agostinho, Garanhuns, Recife e Serra Talhada, tem cerca de 18 mil alunos (contando com os cursos presenciais e a distância) e 1,3 mil professores. De acordo com a assessoria do UFRPE, mesmo com a greve decretada, ainda não é possível afirmar se todos os alunos ficarão sem aulas, visto que há professores que não aderem a paralisação e continuam com as atividades previstas no calendário acadêmico.

Nos campi de Recife e Serra Talhada, a próxima assembleia que vai deflagrar a greve e discutir pautas como a análise da conjuntura nacional, a formação do comando local de greve e encaminhamentos, será na próxima terça-feira (08), às 9h. Já no campus da Garanhuns a reunião será na quarta-feira (09), no mesmo horário. Os técnicos administrativos da UFRPE também vão debater a possibilidade de entrar em greve, na segunda-feira (07).

Veja também

Instituto Butantan diz se espantar com fala de Bolsonaro sobre não comprar 'vacina chinesa'
Coronavírus

Instituto Butantan diz se espantar com fala de Bolsonaro sobre não comprar 'vacina chinesa'

Marcos Pontes exalta vacinas brasileiras e minimiza polêmica sobre a CoronaVac
Coronavírus

Marcos Pontes exalta vacinas brasileiras e minimiza polêmica sobre a CoronaVac