Profissionais da educação de Jaboatão entram em greve na segunda

Professores e os demais trabalhadores da educação decretaram greve por tempo indeterminado no município de Jaboatão dos Guararapes

SindicatosSindicatos - Foto: Henrique Lima / Tempus Comunicação

Professores e outros trabalhadores em educação de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, deflagraram greve por tempo indeterminado a partir da próxima segunda-feira (21). A categoria revindica reajuste salarial de 10,46%  retroativo a janeiro deste ano e extensivo às gratificações.

A rede municipal de educação do Jaboatão dos Guararapes é composta por 2.800 profissionais, sendo 2.200 professores -, que atendem 71 434 estudantes.

Segundo a assessoria de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Jaboatão dos Guararapes (Sinproja), a pauta de reivindicações da Campanha Salarial Educacional 2018 foi entregue à Prefeitura do município no dia 1° de março, mas, até esta sexta, recebeu "nenhuma proposta de negociação satisfatória para a educação municipal".

Leia também:
Em greve, professores municipais protestam nas ruas do Recife
Servidores municipais do Recife iniciam greve nesta sexta


A categoria se reuniu em assembleia geral na última quarta-feira (16),  quando saiu em caminhada pelas ruas do bairro de Prazeres em direção ao Complexo Administrativo de Jaboatão dos Guararapes, onde foi recebida por representantes da Prefeitura para protocolar a decretação da greve geral.

Veja também

Rede estadual retoma aulas presenciais nesta segunda-feira

Rede estadual retoma aulas presenciais nesta segunda-feira

Profissionais de saúde do Recife que já receberam segunda dose devem voltar aos trabalhos
Vacinação

Profissionais de saúde do Recife que já receberam segunda dose devem voltar aos trabalhos