Profissionais em educação bloqueiam trânsito em frente à PCR

Sentados, professores e outros trabalhadores em educação bloqueiam a Av. Cais do Apolo, em frente à Prefeitura do Recife

Professores e outros profissionais em educação protestam em frente à Prefeitura do RecifeProfessores e outros profissionais em educação protestam em frente à Prefeitura do Recife - Foto: Reprodução / CTTU

Professores e trabalhadores da área de educação realizam protesto em frente à Prefeitura do Recife (PCR), onde prometem ocupar a faixa sentido Cais de Santa Rita até o final da tarde desta terça-feira (22). Os servidores levaram cadeiras e estão sentados na via. 

Leia também:
Guardas municipais protestam em frente à Câmara dos Vereadores
Guardas municipais realizam protesto em frente ao prédio da Prefeitura do Recife
Em greve, professores municipais protestam nas ruas do Recife


Durante a manhã, a categoria havia realizado uma passeata pela área central do Recife bloqueando o trânsito em diversos pontos. A manifestação partiu do pátio da Câmara Municipal do Recife, no bairro da Boa Vista, na área central do Rode onde seguiram para a PCR.

Os servidores reivindicam o reajuste salarial conforme o piso definido por lei, que elevaria a remuneração em 6,81%. A categoria está de braços cruzados desde segunda-feira (14) em uma greve por tempo indeterminado.

Por meio de nota, a Prefeitura do Recife lamentou que o Sindicato dos Professores Municipais mantenha a paralisação "enquanto o ambiente de diálogo se mantém aberto". Ainda de acordo com a nota, a gestão tem realizado reuniões constantes com a categoria, duas delas na semana passada e uma nesta quarta-feira (22), para tratativas que possam atender às demandas da categoria, sem prejudicar a coletividade.

Confira a nota na íntegra:

A Prefeitura do Recife lamenta que o Sindicato dos Professores Municipais mantenha a paralisação enquanto o ambiente de diálogo se mantém aberto. A gestão tem realizado reuniões constantes com a categoria, duas delas na semana passada e uma nesta quarta-feira (22), para tratativas que possam atender às demandas da categoria, sem prejudicar a coletividade. Ao todo, já foram realizadas mais de 20 reuniões setoriais, que discutem temas específicos de cada categoria. No caso da Educação, foram seis reuniões. A mesa geral de negociação salarial 2018 já foi aberta.

A atual gestão sempre respeitou a Lei Federal n° 11.738/08, que estabelece o vencimento inicial das carreiras do magistério público da educação básica, e garante que vai continuar respeitando a legislação em 2018. A PCR reforça que mantém constantemente o diálogo aberto com todas as categorias de servidores municipais.

Veja também

Governo negocia com a Pfizer mais 100 milhões de doses de vacina contra Covid
Vacina

Governo negocia com a Pfizer mais 100 milhões de doses de vacina contra Covid

Brasil ultrapassa 14 milhões de casos da Covid-19
Boletim

Brasil ultrapassa 14 milhões de casos da Covid-19