Projetos Anjos arrecada alimentos na Praça do Carmo, em Olinda

Ação ajudou mães de mães de crianças com microcefalia em situação de vulnerabilidade nesta quarta-feira (19)

Projeto AnjosProjeto Anjos - Foto: Rafael Furtado/ Folha de Pernambuco

O Projeto Anjos - que ajuda mães de crianças com microcefalia em situação de vulnerabilidade - realizou nesta quarta-feira (19), na Praça do Carmo, em Olinda, mais uma ação social. O evento de comemoração do Natal este ano arrecadou quatro toneladas de alimentos não perecíveis, distribuídos em cestas básicas que foram entregues para as 151 mães presentes na ocasião. Além das cestas básicas, foram entregues também pacotes de fraudas descartáveis.

Essa foi a segunda edição do evento e as famílias puderam assistir apresentações das crianças da Orquestra de Câmara do Alto da Mina e do grupo de dança inclusiva Talento Raro (formado por crianças cadeirantes e suas mães). Também houveram shows de artistas locais, como Josildo Sá e Carla Rio.

“Essas famílias têm uma necessidade financeira constante, as mães dessas crianças não podem trabalhar porque têm crianças com deficiência e precisam cuidar delas o tempo todo. Elas precisam de nossa ajuda com alimentos, fraudas, leite e remédios o ano todo”, explica a Empresária Jacyra Salsa, organizadora do evento. “Eu sinto que hoje é o meu Natal. Para mim o Natal significa isso, amor, interação, doação”, completou.

Leia também:
Voluntários arrecadam alimentos no Recife para Natal Solidário


A dona de casa Germanny Gracy da Silva, de 28 anos, é mãe da pequena Giovanna Gracy Maia, que tem 3 anos e foi diagnosticada com microcefalia. Para ela, essas doações vão acrescentar à mesa e fazer a diferença na ceia de Natal esse ano. “Eu sempre espero pelo Projeto Anjos, o que vir será bem vindo, essas doações são sempre muito boas. Vai ser um natal diferente para mim”, comentou.

As Doações do Projeto Anjos podem ser feitas durante todo o ano na sede da Faculdade de Olinda (Focca), localizada na Rua do Bonfim, nº 47, no Bairro do Carmo, em Olinda.

Talento Raro
O Projeto Talento Raro – que se apresentou no evento de Natal do Projeto Anjos - trata a dança como um instrumento de inclusão social, oferecendo aulas de danças duas vezes na semana para crianças cadeirantes e suas mães de forma gratuita.

“Nas escolas eles não tem essa oportunidade, de dançar e interagir, por isso o projeto surgiu, fazendo com que essas crianças saiam da invisibilidade. Sabemos que cada um tem sua individualidade e qualidade, assim como também temos um talento raro, por isso o nome do nosso Projeto.” Explicou a coordenadora do Projeto, Juliana Penha.

Veja também

Governo afirma ao STF que 72% dos índios já receberam as duas doses da vacina contra a Covid-19
Vacinação

Governo afirma ao STF que 72% dos índios já receberam as duas doses da vacina contra a Covid-19

Novo lote com 529 mil doses de vacina da Pfizer chega ao Brasil
Coronavírus

Novo lote com 529 mil doses de vacina da Pfizer chega ao Brasil