Proteção na Via Mangue para ciclistas agora é para valer

A Área de Proteção ao Ciclista de Competição (APCC), na pista oeste da Via Mangue, foi oficializada pela Prefeitura do Recife

Avenida passa a ser interditada em três horários por semanaAvenida passa a ser interditada em três horários por semana - Foto: Arthur de Souza

A Área de Proteção ao Ciclista de Competição (APCC), na pista oeste da Via Mangue, na Zona Sul da capital pernambucana, foi oficializada pela Prefeitura do Recife (PCR) após um mês em teste. O pleito da comunidade esportiva é antigo e ganhou força depois do atropelamento de Allan Soares, 39 anos, que pedalava pelo acostamento da Via Mangue em um grupo de ciclistas quando foi atingido por um automóvel em alta velocidade. A partir desta terça (22), o espaço vai poder ser utilizado para a prática esportiva, às terças e quintas-feiras, das 4h às 6h, e aos sábados, das 4h às 8h.

“Fizemos um estudo baseado na contagem do fluxo da Via Mangue em diversos horários e constatamos que nesse período específico não causaria nenhum impacto no trânsito comum daquela área. Os ciclistas não treinam todos os dias, então achamos que esses três dias os atenderiam bem”, comentou o gerente geral de fiscalização da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), Fabiano Ferraz.

Leia também:
Ciclistas terão pista exclusiva na Via Mangue de manhã cedo
Via Mangue começa, esta terça, nova fase de testes como área para ciclista


Desde que começou a ser testada, a APCC contou com uma média de 200 participantes por dia. Nos horários de interdição da pista oeste da Via Mangue, os motoristas que desejarem acessar as vias do entorno da comunidade Jardim Beira Rio devem seguir pela avenida Herculano Bandeira e girar à direita na rua Arquiteto Augusto Reinado. Já os condutores que pretenderem acessar os demais bairros da Zona Sul devem utilizar a avenida Engenheiro Domingos Ferreira.

“Essa implantação foi muito importante e estamos muito satisfeitos”, disse o ciclista Fábio França. Para o coordenador da Associação Metropolitana de Ciclistas do Grande Recife (Ameciclo), Roderick Jordão, seria importante ampliar esse tipo de área e que todos os ciclistas fossem contemplados. “Queremos que as pessoas possam pedalar na cidade com segurança. Somos a favor de que outras áreas de proteção sejam criadas. Moro na Zona Norte. Para chegar até a Via Mangue, não estou protegido. E essa abertura teria que ser de segunda a segunda”. 

Veja também

Honre os seus antepassados: agradeça
Holística

Honre os seus antepassados: agradeça

Cabo de Santo Agostinho começa a vacinar público de 48 anos nesta segunda e reduzirá idades por dia
Covid-19

Cabo de Santo Agostinho começa a vacinar público de 48 anos nesta segunda e reduzirá idades por dia