PROTESTO

Protesto contra racismo, islamofobia e violência policial em Paris

Cerca de 3.000 pessoas participaram da manifestação, inicialmente proibida pela polícia e depois autorizada pela Justiça

Foto: ALAIN JOCARD/AFP

Milhares de pessoas protestaram neste domingo em Paris "contra o racismo e a islamofobia", em uma marcha dirigida especialmente contra a "violência policial", informou um jornalista da AFP.

Segundo uma fonte policial, cerca de 3.000 pessoas participaram da manifestação, inicialmente proibida pela polícia e depois autorizada pela Justiça.

"A violência policial é a violência mais grave que afeta nossas crianças, as que vivem nos subúrbios, as crianças pobres, negras ou árabes", disse à AFP Yessa Belkhodja, uma das organizadoras da marcha.

Segundo a psiquiatra Fatma Bouvet de la Maisonneuve, "as pessoas estão cada vez mais conscientes de que a França conserva uma mentalidade coletiva colonial e que pessoas provenientes dos países colonizados são consideradas inferiores".

"Estamos cansados (…) dos olhares que recebemos quando saímos dos nossos bairros", disse uma manifestante, Jennifer Kalam, assistente de creche de 44 anos.

Veja também

Peregrinos brasileiros visitam a cidade do primeiro milagre reconhecido pela Igreja Católica
Itália

Fiéis brasileiros visitam cidade do primeiro milagre reconhecido pela Igreja Católica; saiba onde é 

Qual o melhor lugar para instalar o roteador do Wi-Fi em casa? Veja recomendações
tecnologia

Qual o melhor lugar para instalar o roteador do Wi-Fi em casa? Veja recomendações

Newsletter