Educa Mais Brasil

Prouni: inscrições para bolsas remanescentes começam nesta terça (15)

Candidato pode modificar a opção de bolsa durante o período de inscrição

ProuniProuni - Foto: Agência Educa Mais Brasil

Estudantes interessados em uma das bolsas de estudo remanescentes do Programa Universidade para Todos (Prouni), para o segundo semestre deste ano, podem fazer inscrição a partir desta terça-feira (15) até o próximo dia 30. Nesta etapa, serão ofertadas cerca de 90 mil bolsas que não foram ocupadas no decorrer do processo seletivo regular.

As bolsas remanescentes ficam disponíveis quando há desistência dos candidatos pré-selecionados ou falta de comprovação de algum documento. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), nesta edição o prazo de inscrição será único, tanto para candidatos não matriculados na instituição de ensino superior como para candidatos já matriculados na mesma instituição para a qual querem fazer a inscrição.

O programa do governo federal oferece bolsas de estudo, integrais e parciais (50%), em instituições particulares de educação superior. Para realizar a candidatura, o estudante deve acessar a página do Prouni na internet.

Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário-mínimo. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários-mínimos por pessoa.

Após realizar a inscrição, o candidato pode modificar a opção de bolsa desde que seja durante o período de inscrição, ou seja, enquanto o sistema permanecer aberto. Ao confirmar a alteração ou o cancelamento da inscrição, a bolsa na qual o candidato estava inscrito volta a ser disponibilizada para um novo candidato.

De acordo com o MEC, a conclusão da inscrição assegura ao candidato, apenas, a expectativa de direito à bolsa, estando sua garantia condicionada à comprovação do atendimento dos requisitos exigidos para ser bolsista do Prouni.

Veja também

Depois de 652 dias, Bélgica consegue formar um governo
internacional

Depois de 652 dias, Bélgica consegue formar um governo

Em um ano, pobreza na Argentina sobe e passa a atingir 18,5 milhões de pessoas
internacional

Em um ano, pobreza na Argentina sobe e passa a atingir 18,5 milhões de pessoas