Resposta

PSB responde, com nota oficial, às críticas de Luciano Vasquez

"Vasquez tenta dar conotação política à sua exoneração num cargo de confiança do Porto de Suape" diz nota

Currículo de papel?Currículo de papel? - Foto: Reprodução/Internet

O presidente do PSB, Sileno Guedes, através de nota à imprensa, respondeu nesta segunda (7), às críticas feitas pelo vice-presidente do partido Luciano Vasquez, que foi exonerado do cargo de diretor de Relações Institucionais de Suape. Veja abaixo, na íntegra, a nota do Partido Socialista Brasileiro.

Nota do PSB

1 - Luciano Vasquez tenta dar conotação política à sua exoneração num cargo de confiança do Porto de Suape. Ele deve achar que o governo seria bom se o mantivesse no cargo. Certamente sua demissão se deu no âmbito administrativo.

2- O fato é que não vamos entrar nesta pauta. Esta discussão em nada muda a vida das pessoas, principalmente daqueles que mais precisam. Definitivamente esta não é a pauta do povo.

3- Luciano Vasquez não fala nem nunca falou em nome do PSB. Sua filiação é recente e ele nunca foi interlocutor de lideranças do partido. Nem agora nem no passado. Na verdade, não passa de uma presunção descabida.

4 - O governador Paulo Câmara e os setenta prefeitos eleitos pelo PSB têm uma grande tarefa pela frente, portanto as opiniões emitidas por Vasquez se perdem como palavras ao vento. O tempo é de muito trabalho e não de futrica.

5- O partido trata de assuntos de seus filiados internamente e, no caso em questão, não será diferente.

6- O PSB não vai alimentar este debate, vamos completar setenta anos e nosso compromisso é com o futuro.

Veja também

Em dia de novo recorde de casos, máscara obrigatória passa a valer em Portugal
Coronavírus

Em dia de novo recorde de casos, máscara obrigatória passa a valer em Portugal

Oposição reage contra decreto que estuda gestão privada de unidades básicas de saúde
saúde

Oposição reage contra decreto que estuda gestão privada de unidades básicas de saúde