Ucrânia

Putin exige reconhecimento da Crimeia, 'desnazificação' e status neutro da Ucrânia

O presidente russo enfatizou que a resolução do conflito "só seria possível se os legítimos interesses de segurança da Rússia fossem levados em conta sem condições"

Presidentes de Rússia e Ucrânia, Vladimir Putin e Emmanuel MacronPresidentes de Rússia e Ucrânia, Vladimir Putin e Emmanuel Macron - Foto: Gonzalo Fuentes e Mikhail Klimentyev/Pool/Sputnik/AFP

O presidente russo, Vladimir Putin, declarou a seu homólogo francês, Emmanuel Macron, nesta segunda-feira (28), que exige o reconhecimento da Crimeia como território russo, assim como a "desnazificação" do governo ucraniano e um "status neutro" de Kiev, como condições para o fim da invasão da Ucrânia.

Putin exigiu "o reconhecimento da soberania russa sobre a Crimeia, o fim da desmilitarização e da desnazificação do Estado ucraniano e a garantia de seu status neutro" como pré-requisitos para qualquer acordo, informou o Kremlin em um comunicado divulgado após a conversa de ambos por telefone.

O presidente russo enfatizou que a resolução do conflito "só seria possível se os legítimos interesses de segurança da Rússia fossem levados em conta sem condições", segundo o Kremlin. 

"O lado russo está aberto a negociações com representantes da Ucrânia e espera que levem aos resultados esperados", assegurou a presidência russa. Macron e Putin se referiam às negociações entre Kiev e Moscou que ocorreram na segunda-feira em Belarus

Antes de começar, o Kremlin havia dito que não queria "anunciar" sua posição e a Ucrânia pediu um cessar-fogo imediato e a retirada das forças russas. 

As negociações ocorreram no momento em que a ofensiva russa, lançada em 24 de fevereiro, enfrenta resistência do exército ucraniano. A economia russa também está sofrendo uma enxurrada de sanções como resultado da invasão.

Veja também

Fechamento da Télam prejudicaria direito de argentinos à informação
Télam

Fechamento da Télam prejudicaria direito de argentinos à informação

Moda da Hermès desafía todos os elementos
Moda

Moda da Hermès desafía todos os elementos