A-A+

Quadrilha desarticulada pela polícia roubava carros no Recife e em Jaboatão

Os crimes praticados pelo grupo resultaram na instauração de pelo menos 30 inquéritos. Quatro homens foram presos em flagrante

Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri)Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri) - Foto: Peu Ricardo/ Arquivo

Um grupo criminoso desarticulado pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (5), atuava no roubo de carros nos bairros da Várzea, Boa Viagem e Imbiribeira, no Recife, e Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, para posterior adulteração para a venda ou desmanche. Os crimes praticados pela quadrilha resultaram na instauração de pelo menos 30 inquéritos. De acordo com o diretor das Delegacias Especializadas, delegado Luiz Andrey, quatro homens foram presos em flagrante com um carro roubado durante a operação.

Apesar da atuação no Recife e Região Metropolitana, os suspeitos são moradores do Interior de Pernambuco. "Era um grupo coordenado estruturalmente, com tarefas claramente definidas. Então, tinham pessoas que roubavam e furtavam os veículos e posteriormente pessoas que receptavam esses veículos, pessoas que trabalhavam no desmanche e também pessoas que alteravam os sinais automotores. Após o roubo ou furto do veículo eles iam por dois caminhos. Ou conseguiam adulterar sinais identificadores do veículo, basicamente do chaci, e ai tentavam esquentar o documento para revender esse veículo, ou pegavam esse carro, faziam desmanche e vendiam as peças", detalhou Luiz Andrey.

A "Operação Última Cartada" é resultado de um ano de investigação e contou com a participação de 160 policiais, entre delegados, agentes e escrivães. "Conseguimos identificar todos os integrantes desse grupo criminoso, individualizar a conduta criminosa de cada um e hoje materializar todos esses delitos. Dois dos suspeitos presos hoje atuavam mais ativamente, roubando e furtando. Encontramos com eles peças cortadas de veículos, instrumentos que eles usavam para cortar veículos, armas e munições", observou o delegado. Os presos e os materiais apreendidos foram encaminhados ao Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri).

Veja também

OMS escolhe Fiocruz para produzir nova vacina contra Covid-19 ainda em teste
Imunizantes

OMS escolhe Fiocruz para produzir nova vacina contra Covid-19 ainda em teste

Família do Recife recebe da União dinheiro para remédio mais caro do mundo para bebê com AME
Após ação na Justiça

Família do Recife recebe da União dinheiro para remédio mais caro do mundo para bebê com AME