Quadrilha envolvida em crimes na Mata Norte é alvo de operação

Grupo é suspeito de praticar homicídios, tráfico de drogas, roubos, receptações, porte e posse ilegais de armas de fogo, corrupção de menores, invasão de domicílio e constrangimento ilegal

Camutanga, na Zona da Mata Norte do EstadoCamutanga, na Zona da Mata Norte do Estado - Foto: Reprodução/Google Street View

Uma organização criminosa envolvida na prática de uma série de crimes na cidade de Camutanga, na Zona da Mata Norte do Estado, é alvo da Operação Felina, deflagrada na manhã desta quarta-feira (28) pela Polícia Civil de Pernambuco (PCPE). O grupo é suspeito de praticar homicídios, tráfico de drogas, roubos, receptações, porte e posse ilegais de armas de fogo, corrupção de menores, invasão de domicílio e constrangimento ilegal. Foram expedidos um total de sete mandados de prisão e 22 mandados de busca e apreensão domiciliar.

As investigações tiveram início em fevereiro deste ano e foram presididas pela Delegacia de Polícia de Camutanga, sob a presidência da delegada Keila Oliveira e assessoria do Núcleo de Inteligência da Zona da Mata. Ao todo, participaram da deflagração 110 policiais civis e 70 policiais.

Leia também:
Quadrilha de estelionatários é alvo de operação da polícia
Operação policial em feira de Cavaleiro apreende 42 pássaros silvestres


O delegado da Diretoria Integrada do Interior 1, José Rivelino, detalhou o modo de operação da quadrilha. "A investigação teve início em fevereiro tão logo chegaram notícias de crimes cometidos por uma facção com integrantes que vieram da Paraíba. Eles se infiltraram em uma comunidade da cidade chamada Alto Santa Terezinha. Dois homens estariam recrutando outros elementos da região e expulsavam os moradores para praticar os crimes", disse.

Veja também

Simone mostra nascimento da filha em vídeo inédito
Nova mamãe

Simone mostra nascimento da filha em vídeo inédito

MC Salvador da Rima é detido e aparece enforcado por policiais em vídeos
Violência

MC Salvador da Rima é detido e aparece enforcado por policiais em vídeos