Quase 50% dos novos leitos de Pernambuco estão ocupados

Por enquanto, a maioria dos casos registrados de Srag está relacionada a outros vírus e ainda não à Covid-19

novos leitosnovos leitos - Foto: Andrea Rego Barros / PCR

Enquanto reforça o apelo por isolamento social para tentar manter a velocidade de casos de infecção pelo novo coronavírus em um ritmo passível de administração, a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) corre contra o tempo para ampliar a quantidade de leitos de média e alta complexidade no Estado, na Capital e no Interior, a fim de se preparar para o pico da contaminação.

Apesar de registrar menos de 100 casos confirmados da Covid-19 até o momento, com 23 pacientes hospitalizados, sendo 14 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 49% dos 290 leitos abertos recentemente já estão ocupados. Isso porque está havendo um registro grande de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag).

"Pernambuco tem 290 novos leitos, sendo 90 de UTI. Já há ocupação expressiva desses leitos, não só por casos de Covid, mas com outros problemas respiratórios. No nosso monitoramento, ainda não há entre elas prevalência de Covid, mas é uma questão de tempo”, explicou o secretário de Saúde do Estado, André Longo.

Leia também:
Número de óbitos por Covid-19 no Brasil sobe para 240
Compra em massa pelos EUA cancelou compras de equipamentos para o Brasil, diz Mandetta
Para conter Covid-19, saúde precisaria de oito vezes mais que valor pedido, diz conselho
Pesquisadores defendem fila única de leitos públicos e privados contra coronavírus


"Estamos conscientes de que é preciso expandir muito ainda a nossa capacidade de leitos, sobretudo na terapia intensiva. Todos os indicativos mostram que estamos conseguindo, graças à determinação de todos, retardar a aceleração da curva. Quanto mais a gente conseguir retardar, melhor para esse enfrentamento. A ideia é crescer os leitos ao longo do mês de abril”, completou o gestor, adiantando que, com a ampliação da capacidade de testagem para casos suspeitos da Covid-19 a partir deste mês, por meio de parcerias, será possível ter um número mais detalhados sobre a realidade de Pernambuco.

Por enquanto, como apenas o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-PE) está rodando as amostras coletadas, somente os pacientes que evoluem com Srag, óbitos e aqueles que integram os grupos de risco estão sendo submetidos a testes, o que caracteriza uma subnotificação dos casos de infecção pelo novo coronavírus no Estado.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Anvisa atualiza exigências para armazenamento de vacina da Pfizer
Coronavírus

Anvisa atualiza exigências para armazenamento de vacina da Pfizer

Governo negocia com a Pfizer mais 100 milhões de doses de vacina contra Covid
Vacina

Governo negocia com a Pfizer mais 100 milhões de doses de vacina contra Covid