R$ 6,5 milhões para educação básica

“Em um país das dimensões do Brasil, com mais de 200 milhões de habitantes, é impossível governar sem considerar a relevância de estados e municípios”, afirmou o ministro.

Humberto Costa assume o cargo que era ocupado por Lindbergh FariasHumberto Costa assume o cargo que era ocupado por Lindbergh Farias - Foto: Jane de Araújo/Agência Brasil

Pernambuco receberá R$ 6,5 milhões, destinados a obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-Educação), obras vinculadas ao Plano de Ações Articuladas (PAR) e ações na educação básica. O anúncio foi feito pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, que liberou R$ 80,1 milhões para todo o País durante a abertura do projeto FNDE Soluções Locais, ontem.

 “Em um país das dimensões do Brasil, com mais de 200 milhões de habitantes, é impossível governar sem considerar a relevância de estados e municípios”, afirmou o ministro.

“Qualquer nação com um nível adequado de desenvolvimento levou a educação como algo maior, acima de partidos, acima de políticos, buscando o interesse de crianças e jovens.”

Veja também

Após morte de George Floyd, capas de revistas com negros disparam
EUA

Após morte de George Floyd, capas de revistas com negros disparam

Em evento no Recife, ministro da Educação diz que 140 prefeituras terão de prestar contas ao TCU
EM EVENTO NO RECIFE

Em evento no Recife, ministro da Educação diz que 140 prefeituras terão de prestar contas ao TCU