Rafael comenta parceria com Igor e “lembrança amarga” do CRB

Timbu perdeu pontos valiosos nos últimos encontros contra os alagoanos

Rinaldo Junior também cobrou a entrega do Hospital VeterinárioRinaldo Junior também cobrou a entrega do Hospital Veterinário - Foto: Divulgação

Série B de 2015. Na 36ª rodada, o Náutico recebeu o CRB, na Arena Pernambuco. O time lutava para entrar no G4 da competição e conseguir o acesso à Série A. Diante de um adversário sem grandes ambições, o Timbu ficou apenas no 1x1. Dois pontos que custaram caro aos pernambucanos. No final, o Alvirrubro terminou em quinto e a diferença para o quarto colocado foi justamente de dois pontos. A lembrança não podia ser pior, mas serve como lição para os atletas, principalmente para um remanescente deste dia.

“Foi um jogo difícil. Eles não almejavam nada, mas tivemos dificuldade. Os pontos que faltaram para conseguir o acesso estavam nesse jogo. Se foi difícil antes, imagine agora, com pretensão (para subir) e jogando no estádio deles. Tenho certeza que será uma partida difícil, mas temos condições de sair com a vitória”, afirmou o zagueiro Rafael Pereira.

Formando dupla com Igor Rabello na zaga do Náutico, o defensor contou como tem sido a parceria que tem contribuído para a boa fase do time na reta final da Segundona.

“Estou feliz com minha regularidade e espero fazer os últimos cinco jogos que restam. Fico sempre tranquilo, independentemente de quem vá jogar ao meu lado. O Igor foi um cara que se firmou, que se doa muito. É inteligente e a gente conversa bastante”, apontou.

No primeiro turno, o Náutico acabou derrotado por 3x1 para o CRB, em casa. Desta vez, no Rei Pelé, Rafael ratifica a importância do duelo na luta pelo acesso. “Precisamos entrar com atenção redobrada, tanto com o ataque como com a defesa, que pode decidir o jogo em uma bola aérea. Eles têm meias e atacantes de qualidade, mas esperamos neutralizar esses pontos para conseguir a vitória”, declarou.

Veja também

Tragédia de Mariana faz 5 anos e população ainda aguarda reparações
Brasil

Tragédia de Mariana faz 5 anos e população ainda aguarda reparações

Confira o que abre e fecha no Dia de Finados
FERIADO

Confira o que abre e fecha no Dia de Finados