Ranking do Isolamento Social apresenta dados em Pernambuco

Números apresentam evolução do isolamento em cada município pernambucano, desde fevereiro

Movimentação no Recife durante isolamento socialMovimentação no Recife durante isolamento social - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) liberou nesta quarta-feira (27) uma atualização do Ranking de Isolamento Social (http://bit.ly/Ranking-IsolamentoSocial) com a apresentação dos dados de isolamento social de cada município pernambucano a partir do dia 1º de fevereiro.

A visualização com a série histórica do indicador foi implementada pelo MPLabs e Secretaria Geral do MPPE, por meio da Assessoria Ministerial de Planejamento Organizacional (Ampeo), e pode ser encontrada na página 2 do painel. Para acessar essa página, é preciso clicar na seta para a direita logo abaixo do nome Painel Isolamento Social, no canto superior esquerdo do painel. Para visualizar os dados, o usuário precisa clicar em Selecione o município e buscar pelo nome da cidade desejada. O gráfico traz o índice de isolamento da cidade, em barras, em comparação com a média do Estado de Pernambuco de cada dia, em linha.

“Com esta atualização que exibe a série histórica do isolamento, vamos dotar os promotores de Justiça dos dados desde o início da pandemia. De posse dessa informação, os membros do MPPE podem avaliar a necessidade de endurecimento ou arrefecimento das medidas de isolamento social e estimular a atuação proativa dos gestores públicos no enfrentamento da Covid-19”, destacou o secretário de Tecnologia e Inovação do Ministério Público, promotor de Justiça Antônio Rolemberg.

Confira:


isolamento social

Veja também

Semana da Visibilidade Trans reforça a luta pela garantia de direitos em Pernambuco
Visibilidade

Semana da Visibilidade Trans reforça a luta pela garantia de direitos em Pernambuco

Vacina contra Covid-19 é eficaz contra cepas britânica e sul-africana, afirmam Pfizer e BioNTech
Mutação

Vacina contra Covid-19 é eficaz contra cepas britânica e sul-africana, afirmam Pfizer e BioNTech