Notícias

Reajuste na passagem de ônibus será discutido nesta sexta

Anualmente, as passagens são realinhadas, como ocorre em todo o Brasil

Vagas de empregoVagas de emprego - Foto: Marcello Casal/Arquivo/Agência Brasil/Agência

 

O reajuste das tarifas de ônibus do Grande Recife será discutido na próxima sexta-feira, às 8h30, em reunião do CSTM no Centro de Convenções, em Olinda. Diferentemente de anos anteriores, quando eram realizadas duas sessões para deliberar sobre o assunto, a expectativa é de que a votação do índice que será aplicado sobre as passagens de ônibus ocorra já nesse dia e entre em vigor no domingo.

Por ora, só a Urbana-PE adiantou o percentual que pretende pedir - 33,9%, o que elevaria o Anel A de R$ 2,80 para R$ 3,75, e o B, de R$ 3,85 para R$ 5,15. Na prática, porém, o valor tende a ser derrubado por um menor apresentado pelo Governo de Pernambuco. Até dois anos atrás, a gestão estadual adotava a inflação acumulada nos últimos 12 meses como parâmetro para propor o reajuste. Se assim fosse agora, a tarifa A, utilizada por 75% dos passageiros, subiria para R$ 3.

Os empresários de ônibus atribuem à necessidade de reajuste uma defasagem histórica. Dizem que, de 2006 para cá, o aumento acumulado da passagem foi de 69,7%, enquanto os custos das operadoras com pessoal (120,7%) e aquisição de ônibus do tipo padrão (60%) cresceram mais.

Outro fator foi a queda de 10% no núme­­ro de passageiros pagantes em 2016 e uma redução de 5% projetada para 2017. “Anualmente, as passagens são realinhadas, como ocorre em todo o Brasil. É necessário o equilíbrio econômico-financeiro do sistema”, afirmou o presidente da Urbana-PE, Fernando Bandeira.

À frente de protestos contra o reajuste da passagem nos últimos anos, a Frente de Luta pelo Transporte Público (FLTP) pretende discutir uma pauta de mobilizações no próximo sábado. “Haveria uma reunião do Conselho hoje [ontem], mas, como isso foi divulgado, acabou sendo cancelado. Sem terem se reunido nenhuma vez, vão discutir, numa única ocasião, na sexta-feira, um assunto como esse”, criticou Pedro Josephi, integrante da FLTP.

 

Veja também

Defesa Civil de Gaza relata 21 mortos em novo bombardeio israelense em campo de deslocados em Rafah
GUERRA NO ORIENTE MÉDIO

Defesa Civil de Gaza relata 21 mortos em novo bombardeio israelense em campo de deslocados em Rafah

Quais países reconhecem o Estado palestino?
ORIENTE MÉDIO

Quais países reconhecem o Estado palestino?

Newsletter