Receita Federal apreende 51 iPhones no Aeroporto do Recife

De acordo com a Receita Federal, os aparelhos estavam com um passageiro em voo doméstico vindo do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo

Receita Federal apreendeu 51 iPhones no Aeroporto do RecifeReceita Federal apreendeu 51 iPhones no Aeroporto do Recife - Foto: Divulgação/Receita Federal

A Receita Federal apreendeu 51 iPhones de diversos modelos no Aeroporto Internacional do Recife, na Zona Sul da capital, na madrugada do último sábado (20). De acordo com o órgão, os aparelhos estavam com um passageiro em voo doméstico vindo do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

Entre os eletrônicos, havia 19 unidades do modelo iPhone X e duas unidades do Apple Watch. Segundo a Receita Federal, o material, provavelmente, veio do Paraguai, e o valor total pode atingir R$ 200 mil.

Leia também:
Congolês é detido com passaporte francês falso no Aeroporto do Recife


O passageiro foi liberado e, após prazo para sua defesa administrativa, poderá sofrer representação fiscais para fins penais pelo crime de descaminho, podendo ser condenado a até 4 anos de reclusão.

Os aparelhos eletrônicos irão a leilão público e eletrônico para pessoas físicas e jurídicas por se tratar de bens importados de forma ilegal. Os valores arrecadados com o leilão serão destinados a pagar os tributos devidos, à seguridade social e ao Fundo de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento da Atividade de Fiscalização (Fundaf).

Por meio de nota, o delegado da Alfândega da Receita Federal no Recife, Carlos Eduardo da Costa Oliveira, ressaltou que o órgão trabalha no combate à concorrência desleal e proteção do comércio regularmente instalado. "Esses produtos, por terem sido importados sem o pagamento de tributos, provavelmente seriam vendidos a preços mais baixos do que os praticados por lojas que atuam de forma legal, prejudicando os funcionários e empresários que atuam de forma correta e idônea", diz.

Veja também

Médicos esgotados após terremoto na Indonésia tentam evitar propagação da Covid-19
TRABALHO

Médicos esgotados após terremoto na Indonésia tentam evitar propagação da Covid-19

Depois de anúncio de Pazuello, governadores confirmam início da vacinação nesta segunda
Imunização

Depois de anúncio de Pazuello, governadores confirmam início da vacinação nesta segunda