Notícias

Receita médica de David Uip foi vazada por gerente de farmácia

A imagem da receita, atribuída a Uip, veio a público no início de abril. No dia 23 de março, o infectologista havia sido diagnosticado com Covid-19

David UipDavid Uip - Foto: Divulgação

Um inquérito policial concluiu que um gerente de farmácia vazou receita médica do infectologista David Uip, ex-chefe do grupo de combate ao coronavírus em São Paulo, na qual era prescrito difosfato de cloroquina.

A imagem da receita, atribuída a Uip, veio a público no início de abril. No dia 23 de março, o infectologista havia sido diagnosticado com Covid-19.

Na época do ocorrido, ele confirmou a veracidade do documento, mas se recusou a responder se fez uso do medicamento. "Não faço isso para esconder nada, mas não quero transformar meu caso em modelo para coisa alguma", disse.

Leia também:
David Uip não diz se usou cloroquina em seu tratamento
David Uip deixa comando de centro de combate ao coronavírus de SP

Segundo o advogado de Uip, Luiz Flávio Borges D'Urso, durante as investigações foram reunidos documentos e ouvidas mais de 20 pessoas da farmácia na qual se realizou a compra do medicamento. Descobriu-se, então, que o gerente do local fotografou a receita na tela do computador e a repassou a um grupo de WhatsApp.

"Este vazamento ocasionou ao doutor David Uip enormes dissabores e imensos prejuízos, tanto de cunho pessoal, como profissional", afirma D'Urso.

A defesa espera que o Ministério Público ofereça denúncia criminal contra os responsáveis pelo vazamento por violação de sigilo profissional.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Biden pede que americanos enfrentem 'lobby das armas'
Estados Unidos

Biden pede que americanos enfrentem 'lobby das armas'

China enfrenta novas denúncias de abusos, durante visita de comissária da ONU
Repressão a uigures

China enfrenta novas denúncias de abusos, durante visita de comissária da ONU