GRIPE

Recife amplia vacinação contra gripe para pessoas com comorbidades e doença permanente

Público-alvo desta nova etapa corresponde a aproximadamente 127 mil pessoas, segundo a Prefeitura do Recife

Vacinação no RecifeVacinação no Recife - Foto: Ikamahã/Prefeitura do Recife

O Recife começou a vacinar contra a gripe pessoas com comorbidades e com doenças permanentes de 6 a 59 anos, ampliando o público elegível para receber o imunizante. Essa nova fase corresponde a 47.553 e 79.710 pessoas, respectivamente — um total de cerca de 127 mil pessoas.

A prefeitura da capital pernambucana já havia liberado a imunização para trabalhadores de saúde, pessoas com 60 anos e mais e crianças de seis meses a menores de seis anos. Todos esses grupos são elencados como prioritários para a vacinação, segundo o Ministério da Saúde. A mobilização, que é nacional, tem a meta de imunizar 90% da população dos grupos prioritários e segue até 31 de maio

“A gente agora abre a vacinação contra a influenza para as comorbidades, incluindo Síndrome de Down, quem tem hipertensão, quem tem diabetes. Lembrando que a vacinação é uma estratégia coletiva, todo mundo precisa fazer para ter eficácia”, salientou o prefeito João Campos, na abertura dos novos grupos, realizada no último sábado (23), durante visita ao VI Encontro Fazendo Acontecer, evento de conscientização sobre a importância da inclusão social de pessoas com Síndrome de Down, no Econúcleo do Parque da Jaqueira, na Zona Norte do Recife. 



No total, são 170 salas (de segunda a sexta-feira) e cinco centros de vacinação (de domingo a domingo) da rede municipal, espalhados pelos oito distritos sanitários da cidade, disponibilizando doses para prevenir a influenza.

Dentre o público de comorbidades, estão incluídas pessoas com doença respiratória crônica, cardiopatas, pessoas com disfunção renal e hepática crônica. Ainda neste grupo, portadores de trissomias, transplantados, pessoas convivendo com obesidade grave, diabetes e doença neurológica crônica.

Todos os grupos elegíveis devem ser vacinados, exceto aqueles com doenças febris agudas, moderadas ou graves, e casos confirmados de Covid-19, os quais devem adiar a vacinação até a recuperação.

“Estando bem de saúde, além da proteção contra influenza, a população pode tomar outras vacinas do calendário na mesma ida ao posto, ou seja, atualizando toda a caderneta”, orienta Luciana Albuquerque.

Para agilizar o processo de vacinação, a Secretaria de Saúde do Recife (Sesau) recomenda levar um documento de identificação (CPF), a carteira de vacinação e o cartão SUS (se disponíveis). Além disso, alguns grupos precisam apresentar documentos que comprovem a necessidade da imunização, como profissionais de saúde, que devem levar comprovantes laborais.

Os centros de vacinação disponíveis são:

- Shopping Recife (9h às 19h): Rua Padre Carapuceiro, 777, Boa Viagem

- Shopping RioMar (9h às 19h): Av. República do Líbano, 251, Pina

- Shopping Tacaruna (9h às 19h): Av. Governador Agamenon Magalhães, 153, Santo Amaro

- Shopping Boa Vista (9h às 19h): Rua do Giriquiti, 48, Boa Vista

- Centro de Saúde Ermírio de Moraes (8h às 18h): Av. 17 de Agosto, 2388, Casa Forte

Já as salas de vacinação são:

Veja também

RS: 18 escolas públicas de Porto Alegre retomam aulas na segunda-feira
Rio Grande do Sul

RS: 18 escolas públicas de Porto Alegre retomam aulas na segunda-feira

Dia Nacional de Doação de Leite Humano: Brasil é referência internacional em bancos do alimento
Saúde

Dia Nacional de Doação de Leite Humano: Brasil é referência internacional em bancos do alimento

Newsletter