EDUCAÇÃO

Recife inaugura primeira escola municipal com tempo integral do 1º ao 9º ano

Escola Municipal de Tempo Integral da Mangabeira é localizada no bairro homônimo, na Zona Norte

 Escola Municipal de Tempo Integral da Mangabeira Escola Municipal de Tempo Integral da Mangabeira - Foto: Melissa Fernandes/Folha de Pernambuco

A Prefeitura do Recife inaugurou oficialmente, nesta terça-feira (5), a Escola Municipal de Tempo Integral da Mangabeira. Localizada no bairro da Mangabeira, na Zona Norte da cidade, a escola tem capacidade para 700 estudantes e é a primeira do município a ofertar a modalidade de tempo integral para o ensino fundamental completo, do 1º ao 9º ano

A nova escola foi construída ao lado do antigo prédio do colégio e está funcionando desde o início do ano letivo de 2022. Maior unidade de ensino em área da rede municipal, a escola fica em terreno de mais de 5 mil metros quadrados e tem cerca de 3.200 metros de área construida, além de 1.400 metros quadrados de área verde.
 

Com investimento de R$ 10 milhões, o prefeito do Recife, João Campos afirmou que a construção representa uma nova fase da educação municipal. “Essa é a primeira escola que vai do 1º ao 9º ano no modelo integral, que é um modelo que revolucionou a educação em Pernambuco, hoje a maior rede de ensino integral do Brasil”, pontuou o prefeito. 

“Quando a gente faz uma ação como essa, ela vai para além da obra. A obra é importante, é preciso fazer, mas aqui a gente vai ter gerações passando por décadas e décadas e quem passar por aqui vai ter um ensino de qualidade”, prometeu João Campos.

 

O secretário de educação do Recife, Fred Amancio, pontuou que a inauguração da escola representa um significativo marco para o município: “Ela possui laboratórios novos, dentro de tudo que é mais moderno no mundo, laboratório de ciências, um só de robótica e programação, uma biblioteca, uma sala de artes e música, um grande ginásio coberto para atividades esportivas e culturais, todos os equipamentos para dar suporte a essa grande quantidade de estudantes”, disse ele. 

Segundo o secretário, a intenção da inauguração da nova escola ultrapassa apenas a satisfação de trazer um novo espaço, exprime a vontade da Prefeitura e da Secretaria de Educação em “revolucionar a educação”. 

Para as mães dos alunos que já estão estudando no novo prédio, o sentimento geral era de felicidade. A dona de casa Dayse Ferreira, de 31 anos, tem um filho de 7 anos e uma filha de 5 estudando no local, e, segundo ela, ambos gostaram muito do ambiente: “A escola mudou muito e ficou excelente para o benefício dos alunos”. 

A cuidadora Rosalia Soares, de 39 anos, tem uma filha de 5 anos e compartilha da mesma sensação de Dayse: “Foi a melhor coisa que aconteceu aqui, está ótimo. Minha filha está muito feliz, fica ansiosa e nem dorme direito querendo vir para a escola”, conta. 

Apesar de recém-inaugurada, a escola já conta com projetos para receber uma ampliação de oito novas salas de aula, fazendo o número chegar a 18 e, assim, aumentar a quantidade de estudantes contemplados.

Também foi anunciada a construção de uma nova creche-escola. O prédio será construído ao lado da escola e contará com uma estrutura para atender cerca 260 crianças, também de maneira integral. 

Veja também

Covid-19: Vacinas salvaram 20 milhões de vidas em um ano, aponta novo estudo
Coronavírus

Covid-19: Vacinas salvaram 20 milhões de vidas em um ano, aponta novo estudo

G7 quer investir US$ 600 bilhões em programa mundial de infraestruturas, diz Biden
Cúpula dos países ricos

G7 quer investir US$ 600 bilhões em programa mundial de infraestruturas, diz Biden