DENGUE

Recife inicia vacinação contra a dengue nesta terça (9); confira quem pode ser imunizado e os locais

Há seis locais de vacinação; onde os endereços

Vacina contra a dengueVacina contra a dengue - Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

Leia também

• Prefeito interino do Recife, Ricardo Paes Barreto entrega, no Barro, creche requalificada e ampliada

• Vítimas de acidente com micro-ônibus em Jaboatão receberão assistência jurídica gratuita

• Jaboatão dos Guararapes iniciará vacinação contra a dengue na quinta-feira (11)

Nesta terça-feira (9), a partir das 9h, a Secretaria de Saúde do Recife (Sesau) dá início à imunização da população recifense contra a dengue.

Com a chegada de 25.069 doses do imunizante nesta segunda (8), a prioridade é vacinar crianças e adolescentes, entre 10 e 14 anos, grupo com maior risco de hospitalização pela doença segundo o Ministério da Saúde. 

A aplicação dos imunizantes estará disponível por demanda epontânea, sem a necessidade de agendamento prévio, de segunda a sexta-feira, exceto feriados, em seis unidades da rede municipal - confira os locais abaixo.

Confira os locais de vacinação:
- Centro de Saúde Ermírio de Moraes (8h às 18h): Av. 17 de Agosto, 2388, Casa Forte
- Policlínica e Maternidade Professor Arnaldo Marques (8h às 17h): Av. Dois Rios, s/n - Ibura, Recife
- Policlínica e Maternidade Professor Barros Lima (8h às 17h): Av. Norte Miguel Arraes de Alencar, 6465 - Casa Amarela, Recife
-  Policlínica Amaury Coutinho (8h às 17h): R. Iguatu, s/n - Campina do Barreto, Recife
- Central de Alergologia do Recife (8h às 17h): Av. João de Barros, 800 - Santo Amaro, Recife
- Policlínica Agamenon Magalhães (8h às 17h): Av. Sul Gov. Cid Sampaio, S/N - Afogados, Recife.

Para agilizar a imunização, a Sesau recomenda que os usuários levem um documento de identificação, como CPF, a carteira de vacinação e o cartão SUS (se tiverem esses dois últimos).    

Esquema vacinal
O esquema vacinal é composto por duas doses, com um intervalo de três meses entre elas, permitindo que o sistema imunológico se fortaleça progressivamente contra os sorotipos do vírus. A vacina Qdenga se baseia na tecnologia do vírus vivo atenuado, contendo os quatro sorotipos (1,2,3 e 4) do vírus da dengue. O imunizante segue o mesmo princípio das vacinas atenuadas já conhecidas, como as tríplice viral, contra a febre amarela e contra a catapora, proporcionando uma resposta imunológica eficaz.

Já em casos de diagnóstico precoce de dengue, é necessário aguardar seis meses para iniciar a vacinação. Essa medida visa a garantir a eficiência e segurança do processo de imunização.

"A vacina se soma ao plano de enfrentamento às arboviroses no Recife. Somente este ano, 450 mil imóveis da cidade foram visitados pelos agentes de saúde ambiental e combate a endemias (asaces). Além disso, a secretaria também capacitou profissionais da rede para a assistência adequada aos pacientes nos serviços de pronto-atendimento", explicou a secretária de Saúde do Recife, Luciana Albuquerque.

Orientações
O mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, precisa de água parada para se reproduzir. Por isso, é fundamental eliminar qualquer possível criadouro em sua casa e no entorno.

Algumas dicas importantes são: cobrir pneus e garrafas; vedar bem os sacos de lixo; manter caixas d'água, toneis e outros recipientes de armazenamento de água devidamente tampados e limpar, regularmente, calhas, ralos e outros locais que possam acumular água. E, em caso de sintomas como febre, dor no corpo, manchas na pele e coceira, procurar a sua unidade de saúde, evitando a automedicação.

"Para um combate eficaz, também ampliamoa para 100% dos bairros a instalação de ovitrampas, que são armadilhas especiais para reduzir a infestação de larvas, e lançamos o Atende em Casa - Dengue, monitorando os pacientes que se recuperam em casa. A Prefeitura do Recife está fazendo sua parte, mas nada disso terá resultado efetivo sem que a população esteja vigilante no combate aos focos em suas residências”, pontuou a secretária.

Denúncias de possíveis focos de mosquito podem ser feitas, primeiramente, na Ouvidoria do SUS, através do telefone 0800.281.1520, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h; no app Conecta Recife, na plataforma Denunciar Foco de Dengue, ou no site da Prefeitura do Recife, em qualquer horário.

Boletim epidemiológico
Segundo o boletim epidemiológico mais recente, divulgado na última segunda-feira (1º) , foram notificados 2.300 casos de dengue no Recife, com 43 confirmações. Em relação ao mesmo período do ano passado, as notificações tiveram aumento de 260% (ou 887 casos em 2023). Ainda não houve confirmação de óbito na cidade.

 

Veja também

G-7, grupo de países ricos, critica atuação da China no comércio global
China

G-7, grupo de países ricos, critica atuação da China no comércio global

Biden confirma que não enviará soldados dos EUA à Ucrânia
Ucrânia

Biden confirma que não enviará soldados dos EUA à Ucrânia

Newsletter