Prevenção

Recife instala equipamentos de distribuição gratuita de preservativos em locais de grande circulação

Os primeiros equipamentos foram instalados nos mercados públicos da Boa Vista, Madalena e Encruzilhada

Equipamento de distribuição de preservativosEquipamento de distribuição de preservativos - Foto: Ikamahã-Sesau

Equipamentos de distribuição gratuita de preservativos estão sendo instalados em locais de grande circulação no Recife. A iniciativa da Prefeitura da cidade em parceria com a ONG internacional AIDS Healthcare Foundation (AHF) tem o objetivo de ampliar o acesso da população a camisinhas femininas e masculinas e estimular a prevenção de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

Os primeiros equipamentos foram instalados na manhã desta quarta-feira (13) nos mercados públicos da Boa Vista, na área central da capital pernambucana; da Madalena, na Zona Oeste; e da Encruzilhada, na Zona Norte. 

De acordo com a gestão municipal, a AHF financiou a produção e envio de dez totens de armazenamento. Cada um deles possui capacidade para saída de cerca de 7,2 mil camisinhas e serão colocados pela prefeitura em locais estratégicos da cidade ao longo deste mês de abril, como nos demais mercados públicos da cidade e no campus da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). 

O setor de ISTs, HIV, Aids e Hepatites Virais, da Vigilância em Saúde do Recife, ficará responsável pela oferta e reabastecimento dos insumos.

“A camisinha é a principal forma de prevenção das ISTs, sendo a barreira de mais fácil acesso à população. É importante trabalhar as questões de prevenção na sociedade porque, dessa forma, conseguimos diminuir os riscos de adoecimento desse público por causa de ISTs e frear a transmissão dessas doenças”, afirmou o coordenador da Política de Prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis do Recife, Airles Ribeiro. 

Prevenção
A Prefeitura do Recife reforça que oferece serviços de prevenção, diagnóstico e tratamento precoces para ISTs na Policlínica Lessa de Andrade, na Madalena, e no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) da Policlínica Gouveia de Barros, na Boa Vista.

Nesses locais, atuam equipes multiprofissionais compostas por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, assistentes sociais e psicólogos, que disponibilizam assistência clínica e psicossocial, indicação de profilaxias primárias e secundárias para infecções oportunistas e sexualmente transmissíveis; além de indicação e manejo de terapia antirretroviral.

A gestão da cidade informou, ainda, que a Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife oferece, de forma rotineira, testagem rápida no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) da Policlínica Gouveia de Barros e também na Policlínica Salomão Kelner, em Água Fria, Zona Norte. 

Veja também

Pernambuco autoriza vacinação contra a influenza para todos os moradores a partir de seis meses
Saúde

Pernambuco autoriza vacinação contra a influenza para todos os moradores a partir de seis meses

Moradores fecham pista da av. Agamenon Magalhães após fio de alta tensão cair em rua da Zona Norte
Recife

Moradores fecham pista da av. Agamenon após fio de alta tensão cair em rua da Zona Norte