Covid-19

Recife recebe doação de 60 capacetes respiratórios e 24 mil litros de água para combater a Covid-19

Donativos serão utilizados em pontos de vacinação e hospitais

Capacetes e água mineral recebidos pela PCRCapacetes e água mineral recebidos pela PCR - Foto: Divulgação/Prefeitura do Recife

O Recife recebeu, na tarde da terça-feira (10), uma doação de 60 capacetes respiratórios não invasivos e 24 mil litros de água mineral em garrafas pet. A doação foi realizada pelo movimento de voluntários UniãoBR e o Sistema Coca-Cola Brasil, por meio de uma parceria do Transforma Recife. 

As doações serão repassadas para a Secretaria de Saúde do Recife (Sesau) para serem encaminhadas ao destino final. Os capacetes devem ser entregues ao Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa e as garrafas de água mineral serão utilizadas nos centros de vacinação da cidade. 
 

Capacetes não invasivos recebidos pela PCRCapacetes não invasivos recebidos pela PCR. Divulgação/Prefeitura do Recife

A entrega simbólica da doação aconteceu na sede da Prefeitura do Recife e contou com a presença do prefeito João Campos, que destacou a importância da ação. 

“Quero agradecer pelo empenho. A gente tem visto que a pandemia traz um parâmetro diferente de formas de convívio e de relação mas pode despertar um sentimento de coletividade, de solidariedade, muito grande. Então aquilo que muitas vezes não estava dentro da rotina, passou a ser rotina nossa e a solidariedade estando sempre à frente das decisões a serem tomadas. É muito difícil a gente ver sonhos sendo interrompidos e vidas sendo ceifadas, mas que a gente possa tirar o melhor disso tudo para, após atravessar esse momento que ninguém desejou, a gente possa sair mais forte. Tenho certeza que as parcerias e esse sentimento que a gente constrói nesse momento, ele deve ser mantido e intensificado”. 

O diretor de Relações Governamentais da Coca-Cola, Victor Bicca, falou sobre a necessidade de colaboração entre os setores da sociedade. “Nós aqui da Coca-cola temos orgulho em colaborar. Esse é um momento do País em que é preciso colaborar e não competir”, comentou.
 

O diretor comercial da Coca-Cola Solar, Flávio Scalco, ressaltou a importância do grupo devolver aos consumidores um pouco do que recebe deles. “Nós temos a Coca-Cola como um grande organismo mundial contribuindo com todas as suas comunidades, e nós, como fabricantes, atuando e agindo localmente, para nos aproximarmos dos nossos consumidores, e devolver um pouco do que a gente recebe dessa comunidade”.

 A Solar Coca-Cola é a segunda maior engarrafadora do sistema Coca-Cola no Brasil, abrangendo todos os estados do Nordeste e também o estado do Mato Grosso.

 

Veja também

Após debandada, presidente da Capes faz apelo para que coordenadores permaneçamBRASIL

Após debandada, presidente da Capes faz apelo para que coordenadores permaneçam

Recife promove primeiro encontro com outras capitais para decidir sobre o CarnavalCarnaval

Recife promove primeiro encontro com outras capitais para decidir sobre o Carnaval