chuvas em pernambuco

Índice de chuva em bairros do Recife ultrapassa a média mensal da Capital; veja os maiores números

O bairro do Torreão, no Recife, foi o local do Estado onde mais choveu

Chuvas no RecifeChuvas no Recife - Foto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco

As chuvas que atingem a Região Metropolitana do Recife desde a madrugada desta segunda-feira (6) já são consideradas acima da média esperada para o período.

De acordo com os dados de monitoramento em tempo real das chuvas da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), o bairro do Torreão, no Recife, foi o local do Estado onde mais choveu nas últimas 24 horas, com 159,65 mm. Na sequência, está o bairro de Santo Amaro, na área central da capital pernambucana, com 151,75 mm. 

A média histórica de chuva para todo o mês de fevereiro é 122,90 mm, de acordo com o levantamento da Prefeitura da cidade.
 

Em Olinda, na Região Metropolitana, o bairro do Bonsucesso, atingiu 140,52 mm nas últimas 24 horas. Já em Jaboatão dos Guararapes, o bairro da Muribeca foi o mais afetado, com 140,38 mm.

Segundo a Apac, as chuvas foram causadas pela ação de um Distúrbio Ondulatório de Leste (DOL), que teve início na Mata Sul e depois se deslocou para a Mata Norte e a Região Metropolitana.

Diante do acumulado, a Dafesa Civil de Pernambuco emitiu um comunicado em que orienta a população de áreas de barreiras e encostas a buscarem abrigos seguros.

Confira os locais onde mais choveu nas últimas 24 horas, de acordo com a Apac*:
Torreão (Recife) - 159,65 mm
Santo Amaro (Recife) - 151,75 mm
Bonsucesso (Olinda) - 140,38 mm
Muribeca (Jaboatão) - 140,38 mm
Jardim Fragoso (Olinda) - 117,74 mm
Alto do Mandu (Recife) - 116,39 mm
Tabajara (Olinda) - 115,52 mm
Barra de Jangada (Jaboatão) 113,15 mm
Ibura (Recife) - 113,12 mm
Campina do Barreto (Recife) - 112,07 mm

*Atualizado às 10h50

Veja também

Nível do Guaíba cai 17 cm em Porto Alegre e segue baixando
Rio Grande do Sul

Nível do Guaíba cai 17 cm em Porto Alegre e segue baixando

Caso Samarco: MPF e DPU cobram execução da condenação de R$ 47 bi
Mariana

Caso Samarco: MPF e DPU cobram execução da condenação de R$ 47 bi

Newsletter