Segurança pública

Recife registra em 2020 o menor número de roubos da série histórica, diz SDS

Contagem dos dados começou a ser feita pela pasta em 2005

Polícia Militar de PernambucoPolícia Militar de Pernambuco - Foto: Divulgação

Em 2020, o Recife registrou o menor índice de roubos para um mês de dezembro desde o início da série estatística da Secretaria de Defesa Social (SDS-PE), em 2005. 

Segundo o balanço divulgado pela pasta nesta quinta-feira (14), a capital pernambucana contabilizou 1.400 roubos em dezembro e fechou o ano com um acumulado de 17.781 casos - também o menor da série histórica. 

Com a atualização de dezembro, Pernambuco consolida 40 meses consecutivos de declínio mensal em roubos em todas as regiões do Estado. Foram 26.915 infrações a menos em relação a 2019. 

A redução foi de 33,8%, isso porque, em novembro, Pernambuco havia registrado 79.629 roubos - o número caiu para 52.714 em dezembro.

No mês passado, ocorreram 4.005 roubos, contra os 5.710 de dezembro de 2019. Corresponde a uma diminuição de 29,86% nesses tipos de infração, que englobam roubos de veículos, celulares, cargas, ônibus, entre outros. 

Conforme as estatísticas da Secretaria de Defesa Social (SDS), já são 40 meses consecutivos de retração, sempre comparando-se com os mesmos meses do ano antecedente.

“Tivemos em 2020 o mais baixo quantitativo de CVPs dos últimos sete anos em Pernambuco. Os números do ano passado refletem a produtividade das nossas forças de segurança, que precisaram trabalhar em um esforço redobrado nesse ano atípico, devido à pandemia. Ao todo, conseguimos apreender 6.742 armas e autuar 56.065 pessoas autuadas em flagrante delito, contribuindo para aumentar a sensação de segurança dos pernambucanos”, declarou o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua.

Redução por regiões
A SDS-PE divulgou ainda a diminuição dos crimes entre 2019 e 2020 do Litoral ao Sertão.

Zona da Mata: de 601 em dezembro de 2019 para 372 em dezembro de 2020 - redução de 38,10%
Sertão: de 322 em dezembro de 2019 para 213 em dezembro de 2020 - redução de 33,85%
Região Metropolitana do Recife (exceto a Capital): de 1.696 em dezembro de 2019 para 1.226 em dezembro de 2020 - redução de 27,71%
Agreste: de 1.075 em dezembro de 2019 para 794 em dezembro de 2020 - redução de 26,14%
Recife: de 2.016 em dezembro de 2019 para 1.400 em dezembro de 2020 - redução de 30,56%

No acumulado do ano, também houve redução em todas as regiões.

Recife: de 28.778 em 2019 para 17.781 em 2020 - redução de 38,21%
Zona da Mata: de 7.720 em 2019 para 5.093 em 2020 - redução de 34,03%
Agreste: de 14.908 em 2019 para 10.062 em 2020 - redução de 32,51%
Região Metropolitana do Recife (exceto a Capital): de 24.178 em 2019 para 16.872 em 2020 - redução de 30,22%
Sertão: de 4.045 em 2019 para 2.906 em 2020 - redução de 28,16%

Roubos a ônibus
Em 2020, o Estado registrou 629 roubos a ônibus, o menor patamar desde 2014, quando foram contadas 524 ocorrências. A redução com 2019 é de 24,85%, pois haviam sido contabilizados 837 queixas.
 
Em dezembro, aconteceram 39 assaltos a coletivos, -41,79% ao confrontar esses dados com os 67 do último mês de 2019.

Roubos de celulares
De 2019 para 2020, o número de celulares roubados foi 23,7% menor, segundo a SDS-PE - a redução foi de 31.406 para 23.976. 

Considerando apenas o último mês do ano passado, a variação foi de -4,2% em relação a dezembro de 2019, ao cair de 2.209 para 2.117. 

Além disso, em 2020 as forças de segurança pública de Pernambuco conseguiram recuperar 9.813 aparelhos que estavam nas mãos de criminosos.

Roubos de veículos
O Recife registrou 1.970 roubos de veículos, total 35,6% menor do que o registrado em 2019: 3.059.

Em todo o Estado, a subtração de veículos em abordagens violentas regrediu 28,75%, passando de 13.224 para 9.422 casos. 

Somente em dezembro, o Recife passou de 246 para 161 (-34,55%), enquanto em Pernambuco a diminuição foi de 988 para 758 (-23,28%)

Roubos de carga
Em dezembro de 2020, as ocorrências de roubo de carga no Estado caíram mais que a metade do verificado no mesmo mês do ano antecedente. 

De 49 queixas, o número baixou para 24, isto é, -51%. No total de 2020, a diminuição atingiu 7,5%, uma vez que o quantitativo de queixas nas delegacias saiu de 573 em 2019 para 530 no ano seguinte.

Roubos a instituições financeiras
Ao longo do ano passado, os crimes violentos consumados visando ao patrimônio de agências bancárias, caixas-eletrônicos e carros-fortes somaram 16 casos em Pernambuco.

São dois a menos do que em 2019, ou seja, -11%. Destaque para a redução dos ataques a veículos de transporte de valores, que foram dois em 2020, contra seis no ano precedente, o que representa -67%. 

No mês passado, a única investida consumada foi um roubo a carro-forte.

Prisões em flagrante
As forças de segurança pública de Pernambuco autuaram 4.871 pessoas em flagrante delito em dezembro, chegando ao total de 56.065 flagrantes efetuados em 2020. 

Em todo o ano, também apreenderam 6.463 adolescentes que cometeram ato infracional. Policiais ainda realizaram a apreensão de 6.742 armas durante esses 12 meses, bem como atuaram em 8.474 ocorrências de tráfico de entorpecentes.

Veja também

Unidade móvel oferece mamografia gratuita em Paulista
Saúde

Unidade móvel oferece mamografia gratuita em Paulista

Com doses da vacina de Oxford já no Rio, distribuição deve começar este sábado
Astrazeneca/Oxford

Com doses da vacina de Oxford já no Rio, distribuição deve começar este sábado