Redução de tráfego por coronavírus provoca queda de acidentes em rodovias federais

Levantamento realizado pela Polícia Rodoviária Federal entre fevereiro e março mostra diminuição de acidentes no mesmo período do ano passado

Sérgio MoroSérgio Moro - Foto: Reprodução / TV Brasil

A diminuição de tráfego em rodovias federais devido à pandemia do novo coronavírus provocou uma queda no número de acidentes e mortes em rodovias federais. De acordo com o ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública), houve uma redução de 28% de acidentes e de 7% das mortes entre 11 de março e 12 de fevereiro deste ano em comparação com período equivalente em 2019.

A pandemia do novo coronavírus foi declarada em 11 de março pela OMS (Organização Mundial da Saúde). "O dado positivo, pelo menos um efeito lateral, que é positivo, é uma decorrência da diminuição do transporte rodoviário dos acidentes e dos óbitos no âmbito das rodovias federais", afirmou Moro em entrevista coletiva nesta segunda-feira (13) no Palácio do Planalto.

Leia também:

Brasil tem 105 novas mortes por coronavírus em 24h; total é de 1.328

Governo já prevê disparada do rombo fiscal também em 2021 

O ministro explicou que os dados são da Polícia Rodoviária Federal, subordinada ao Ministério da Justiça e da Segurança Pública. O órgão tem feito escolta de equipamentos de saúde para atender a demanda gerada pela crise, além de monitorar o funcionamento das rodovias.

Moro disse ainda que, deste percentual, a diminuição de acidentes graves foi de 23% no intervalo e o número de feriados caiu 30%.

Também houve queda no número de roubo de cargas (19%) e de roubo a ônibus (49%). "A pandemia gera dificuldades logísticas a esses próprios criminosos também", comentou o ministro. 

 

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

EUA recomendam uso de máscaras por vacinados em áreas de alto risco
Coronavírus

EUA recomendam uso de máscaras por vacinados em áreas de alto risco

Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa inclui mil novas palavras
Educa Mais

Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa inclui mil novas palavras