Refeno comemora números da 31ª edição

Evento chega ao fim em clima de festa e despedida. Comodoro do Cabanga Iate Clube aproveitou coletiva para anunciar data da próxima edição

Refeno chegou ao fim em clima de festa e despedidaRefeno chegou ao fim em clima de festa e despedida - Foto: Tsuey Lan Bizzocchi/Cabanga

FERNANDO DE NORONHA (PE) - Com 90 embarcações e 735 tripulantes, a 31ª edição da Regata Internacional Recife-Fernando de Noronha (Refeno), chegou ao fim comemorando seus números. Em coletiva de imprensa na ilha nesta quarta-feira (16), o comodoro do Cabanga Iate Clube, Delmiro Gouveia, aproveitou para anunciar a data da próxima edição: 26 de setembro de 2020.

"Tivemos números significativos. Não houve nenhuma intercorrência e nenhum incidente. Foi um sucesso", destacou o comodoro. "Nos consolidamos definitivamente como a maior regata da América Latina", continuou. Para a próxima edição, Delmiro destacou que, por recomendações técnicas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), continuarão sendo permitidas apenas 100 embarcações participantes na regata. "Acreditamos que as vagas se encerrarão logo na primeira semana", acrescentou. A previsão para a abertura das inscrições da 32ª Refeno é abril de 2020.

O conselheiro deliberativo do Cabanga Iate Clube, Jaime Monteiro, definiu a Refeno como um evento importante para a economia da ilha e parte do “Grand Slam” da vela brasileira. "Quem não faz Noronha, Maragogi e Ilhabela precisa velejar mais. O Cabanga tem um caso muito longo de convergência com a ilha, com as creches, os hospitais, os amigos. Estamos felizes de ter concluído a regata. Saímos com o sentimento de missão cumprida", comentou.

O comandante da Marinha, Maurício Bravo, ressaltou a utilização do Centro de Coordenação e Controle no acompanhamento em tempo real de grandes eventos do tipo. “Conseguimos fazer um acompanhamento 24 horas de todos os barcos. Apenas três embarcações tiveram problemas, mas felizmente conseguiram regressar aos portos”, falou.

Das 95 embarcações inscritas, 92 partiram do Marco Zero no último sábado (12). Três delas, no entanto, apresentaram problemas e precisaram retornar. O catamarã paulista Pinguim, que voltou ao Cabanga, no Recife, para fazer reparos no leme conseguiu retornar ao percurso da regata e chegou a Noronha. Apesar disso, foi desclassificado por ter ligado o motor, algo proibido pelas regras da Refeno. O trimarã pernambucano Patoruzú, com um tempo de 27h45min35s, conquistou o Troféu Fita Azul da regata.

Números finais
90 embarcações chegaram a Noronha
735 tripulantes
3 barcos voltaram após a partida com problemas técnicos
1 barco, o Pinguim, retornou à travessia, mas foi desclassificado
12 estados do Brasil foram representados
2 países, Argentina e Bélgica, tiveram barcos na regata

Leia também:
Destaque na Refeno, ONG engaja guerra contra plástico
Confira a classificação da 31ª edição da Refeno
Pernambucano Patoruzú conquista bi da Refeno


Confira a classificação final da 31ª Refeno, por categorias:

Fita Azul

Patoruzú

Classe RGS A
Atrevida
Papa Léguas Sailing
Maná - Equinautic
Marujo’s / Z6 Nautica
Flasback IV
Skua II
Kabuletê/Sallabout
Tucannus II
Chegado V

Classe RGS B
Ventania
Charada
Mohabon
Panda
Avenir
Nemos
Carapeba
Mare Nostrvm
Alquimia II

Classe RGS C
Risco Zero
Kamaiurá
Vendetta
Labadee
Coração de Leão I
Pappi
Gosto d’água II
Jolupa

Classe Trimarã

Patoruzú
A Travessia

Classe VPRS
Avatar
Bolero II
Ventaneiro 3
Boto V
Lavienrose I
De boa

Classe MOCRA

Aventureiro 3
Papangu
Brother Rafa
Maracatu

Classe Aberta
Sagma
Tedesco
Ukiukiu Nui
Asolo
Free Wind
Fox
Wisdom

Classe Aberta B
Free Wind
Fox
Wisdom

Classe Aço
Viralata II
Entre Polos
Pangeia
Serenata 1
Caboges

Classe Alumínio
Planckton
Endurance
Asa Branca I

Classe Bico-de-proa A
Zenith
Recreio X
Kaze
Suzy Dear
Invocado
Gentileza
Beijuipira III

Classe Bico-de-proa B
Lamin
Galego
Strega
Barba Negra V
Alísios
Arribasaia

Classe Bico-de-proa C
Guga Buy
Sem Fim
Tutatis
Matajusi
Equador II
Mahalo Nui Loa
AAventura II
Prosperus


Classe Catamarã A

Sara Kali 2
Guruçá Cat
Tranquilidade
Denise III
Tana

Classe Catamarã B
Algo+
Voral

Classe Catamarã C

Zen
Zagaia
Janú
Spay
Ideiafix
Take Five

*O repórter viajou a convite do Cabanga Iate Clube

Veja também

Mais de um milhão de mortes por Covid-19 registradas no mundo, aponta agência
Covid-19

Chega a mais de 1 milhão o número de pessoas mortas por Covid-19, diz agência

Covid-19: Brasil confirma 14.318 casos e 335 mortes nas últimas 24 horas
CORONAVÍRUS

Brasil confirma 14.318 casos e 335 mortes em 24 horas