Europa

Regiões da Espanha endurecem restrições contra a Covid-19

Áreas turísticas têm registrado aumento expressivo de casos entre jovens

Movimento em praia na região de Valencia, na EspanhaMovimento em praia na região de Valencia, na Espanha - Foto: Jose Jordan/AFP

Leia também

• USP: novo coronavírus infecta e se replica em glândulas salivares

• Israel aplica terceira dose da vacina contra Covid-19 nos mais vulneráveis

• Copa América trouxe nova variante do coronavírus para o Brasil

• Fechamento de escolas por Covid em 19 países pode provocar 'catástrofe geracional'

As regiões espanholas Catalunha e Comunidade Valenciana, de grande atividade turística, decidiram, nesta segunda-feira (12), endurecer as restrições e limitar a vida noturna com novas medidas para tentar conter a transmissão do coronavírus, em alta no país.

O Executivo da região catalã determinou que as atividades noturnas terminem a 0h30 e limitou as reuniões a um máximo de 10 pessoas.

"Os dados são mais do que péssimos. São, francamente, muito ruins", advertiu o responsável da Saúde catalão, Josep Maria Argimon, em entrevista coletiva na cidade de Barcelona.

Além da propagação do contágio na Catalunha, todo o país enfrenta "um aumento rápido e importante" da doença há semanas, com uma incidência de 368 casos a cada 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, destacou o epidemiologista-chefe do governo central, Fernando Simón, nesta segunda. 

Ele explicou que a nova onda de casos é impulsionada pelo grande aumento das infecções entre a população menor de 30 anos, muito pouco vacinada.

Na Comunidade Valenciana, a Justiça autorizou que seja restabelecido o toque de recolher durante a madrugada em 32 localidades, entre elas a capital, Valencia, bem como a limitação das reuniões a um máximo de 10 pessoas em toda a região. 

O impacto da nova onda permanece limitado no número de internações em nível nacional, que avança lentamente, e na mortalidade, que não aumentou, graças ao bom ritmo da campanha de vacinação, assinalou Simón.

Segundo o Ministério da Saúde, 59% dos quase 47 milhões de espanhóis receberam ao menos uma dose e 45% concluíram a imunização.

Veja também

Comitê recomenda que réveillon no Rio de Janeiro seja mantidoPandemia

Comitê recomenda que réveillon no Rio de Janeiro seja mantido

A cada dois minutos uma criança é infectada com HIV no mundo, diz UnicefSaúde global

A cada dois minutos uma criança é infectada com HIV no mundo, diz Unicef