A-A+

Reino Unido planeja regular conteúdo nocivo na internet

As regras buscam reduzir conteúdos online que provoquem violência ou bullying

ComputadorComputador - Foto: Agência Brasil/EBC

O governo britânico propôs novas regras de segurança online para combater conteúdo nocivo nas redes sociais que possam provocar violência ou bullying.

Nessa segunda-feira (8), o governo divulgou o Relatório sobre Dano Online, com as medidas que pretende implementar.

Leia também:
Bullying: agressão que impacta todos
Corte orçamentário de 42% em ciência e tecnologia preocupa entidades
Estudantes orientam população sobre o bullying

O alvo da legislação proposta inclui atividades ilegais ou inaceitáveis, como terrorismo, tráfico de humanos e pornografia infantil.

O governo também definiu informação nociva como conteúdo que possa levar a assédio, bullying, automutilação ou suicídio. O relatório diz que a desinformação também representa ameaça real aos valores democráticos.

O Reino Unido pretende criar um regulador independente para garantir o cumprimento do novo mecanismo. Autoridades dizem que empresas de tecnologia podem receber multas pesadas e seus sites podem ser bloqueados se não protegerem os usuários de conteúdo nocivo.

O governo britânico pretende apresentar o projeto de lei ao Parlamento após um período de 12 semanas para consulta pública.

*Com informações da NHK (emissora pública de televisão do Japão)

Veja também

Seis bilhões de vacinas anticovid-19 aplicadas no mundo
Coronavírus

Seis bilhões de vacinas anticovid-19 aplicadas no mundo

Cendhec entrega cestas básicas e oferece oficina aos adolescentes da Comunidade do Bode
AÇÃO

Cendhec entrega cestas básicas e oferece oficina aos adolescentes da Comunidade do Bode