Reintegração de posse da FDR fica suspensa até sexta

Decisão foi tomada esta segunda após reunião entre justiça e representantes da instituição e do movimento de ocupação

Estudantes ocupam FDREstudantes ocupam FDR - Foto: Bruno Campos/Folha de Pernambuco

A reintegração de posse da Faculdade de Direito do Recife (FDR), ocupada desde a semana passada por estudantes, está suspensa até próxima sexta-feira (18).

A decisão foi mantida pelo desembargador do Tribunal Regional Federal da Quinta Região (TRF5) Cid Marconi na tarde desta segunda-feira (14), no Recife, após reunião com a participação de representantes do movimento de ocupação da faculdade localizada no bairro da Boa Vista, no Centro do Recife. 

Além do próprio Cid Marconi e de representantes do protesto, participaram do encontro no TRF5, integrantes do Ministério Público Federal, da Defensoria Pública da União, do reitor da Universidade Federal de Pernambuco e do diretor da Faculdade de Direito do Recife. Segundo a assessoria de Comunicação do TRE5, "houve avanços entre as partes, no sentido de se redigir um acordo escrito e a desocupação do prédio da Faculdade de Direito do Recife até a sexta feira".

Uma liminar de reintegração de posse havia sido concedida pela 1ª Vara Federal de Pernambuco, Joana Carolina Lins Pereira, atendendo pedido da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) na última sexta-feira (11). Porém depois o desembargador federal plantonista Carlos Rebêlo Júnior havia suspendido a reintegração.

A ocupação da FDR começou na noite da última quinta-feira (10). A ocupação é contra a Proposta de Emenda Constitucional 55, antiga PEC 241, do teto dos gastos públicos e contra a reforma na educação do ensino médio, propostas pelo governo Michel Temer.

Na sexta-feira (11), mesmo dia do pedido de reintegração de posse, uma comissão de gestores da UFPE realizou vistoria na FDR e, segundo contou àquele dia a pró-reitora de Gestão da UFPE, Ana Cabral, não houve depredação no prédio histórico. A FDR é a primeira faculdade de Direito construída em solo brasileiro. 

Veja também

Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por Covid-19
Coronavírus

Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por Covid-19

Pernambuco registra 157 novos casos e 10 óbitos nas últimas 24h
Coronavírus

Pernambuco registra 157 novos casos e 10 óbitos nas últimas 24h