Pandemia

Reitores de universidades em Pernambuco apoiam medidas restritivas e falam em pacto contra a Covid-1

Gestores reforçaram a necessidade de distanciamento social e uso de máscaras

Campus Recife da UFPECampus Recife da UFPE - Foto: Divulgação/UFPE

Diante do cenário atual dos casos da Covid-19 em Pernambuco, com a elevada ocupação nos leitos públicos e privados e novas medidas restritivas, o Consórcio Pernambuco Universitas emitiu posicionamento favorável a um pacto social quanto às responsabilidades coletivas, individuais e institucionais. 

"Decidimos, conjuntamente, que as instituições de ensino superior que compõem o Consórcio Pernambuco Universitas estarão anunciando estratégias que colaborem na proteção das pessoas e no compromisso com o Sistema de Saúde, que se encontra numa luta intensa para a recuperação de vidas desde o início da batalha que ceifou tantas vidas”, diz um trecho da publicação.

O Consórcio Pernambuco Universitas se colocou favorável à implantação de medidas restritivas mais rígidas no Estado, no intuito de diminuir a circulação de pessoas e aumentar os índices de isolamento social. 

Entre essas medidas, destacou a redução do funcionamento de atividades consideradas não essenciais e fiscalização no cumprimento dos protocolos sanitários nos serviços essenciais. 

Apontou também para o reforço no uso das máscaras e na importância do distanciamento social, com campanhas de orientação, e celeridade na vacinação. Outro ponto destacado foi o combate à propagação de medidas medicamentosas que não tenham comprovação científica. 

O comunicado foi assinado pelos reitores das universidades de Pernambuco (UPE), Federal de Pernambuco (UFPE), Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Católica de Pernambuco (Unicap), Federal do Agreste de Pernambuco (Ufape) e da Federal do Vale de São Francisco (Univasf). 

Veja também

Cinco pessoas esfaqueadas em ataque em mesquita na capital da Albânia; agressor foi preso
Europa

Cinco pessoas esfaqueadas em ataque em mesquita na capital da Albânia; agressor foi preso

Israel compra mais milhões de doses da vacina da Pfizer
Vacina

Israel compra mais milhões de doses da vacina da Pfizer