Repórter do 'É De Casa', da Globo, é alvo de racismo ao usar máscara contra coronavírus

Um internauta comentou em uma rede social: "Esse preto de máscara. Assalto?"

Manoel Soares, repórter do 'É de Casa'Manoel Soares, repórter do 'É de Casa' - Foto: Divulgação

O repórter Manoel Soares, 40, relatou ao vivo no programa É De Casa (Globo), na manhã deste sábado (9), que sofreu uma situação de racismo nas redes sociais.

O jornalista teve uma foto sua divulgada na web, na qual ele usa uma máscara para se proteger do coronavírus enquanto faz uma reportagem, e um internauta comentou: "Esse preto de máscara. Assalto?".

Junto a um advogado, o repórter falou sobre situações corriqueiras de racismo na internet, e disse que é importante que as pessoas salvem a tela ("deem print") com as ofensas, que serve como prova contra o crime.

Leia também:
Babu Santana mostra crachá da Globo e anuncia aos fãs que não está mais desempregado
Thelma, campeã do BBB 20, é contratada como influenciadora da L'Oréal Paris


Soares, por sua vez, diz que lida com essas situações olhando para o lado positivo de sua vida. "A gente encontra uma pessoa preconceituosa e centenas de outras pessoas que nos fazem bem. Eu tomei a decisão de olhar pro lado que me faz bem. Não vou dar audiência pra pessoas que não valem a pena", disse Soares. "Não deixe que o racismo paute a vida".

Ao final da reportagem, um dos apresentadores do programa, Zeca Camargo, disse que "essa batalha contra a ignorância é tão forte e tão grave quanto essa do coronavírus".

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Fiocruz entrega 2,2 milhões de doses de vacinas ao PNI
IMUNIZANTE

Fiocruz entrega 2,2 milhões de doses de vacinas ao PNI

Biden afirma que novas restrições serão impostas nos EUA em função da Covid-19
VARIANTE DELTA

Biden afirma que novas restrições serão impostas nos EUA em função da Covid-19