Restaurante na Zona Sul do Recife é reincidente em fraude de energia

Celpe disse que está analisando as informações disponíveis para calcular e recuperar o valor correspondente ao consumo de energia não registrado

Caldinho do NenenCaldinho do Nenen - Foto: Reprodução/Google Maps

O restaurante Caldinho do Nenem é reincidente em fraudes no consumo de energia elétrica, de acordo com informações da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). O proprietário do estabelecimento foi preso em flagrante na noite da última quarta-feira (9) e passará por audiência de custódia na tarde desta quinta-feira (10) após denúncia ser formalizada pela Celpe.

A Celpe disse que está analisando as informações disponíveis para calcular e recuperar o valor correspondente ao consumo de energia não registrado no estabelecimento, que funciona na rua Nogueira de Souza.

Leia também:
Por furto de energia, dono de caldinho na Zona Sul é preso


Os peritos do IC encontraram um sofisticado dispositivo dentro do medidor de energia. O equipamento foi manipulado para que parte do consumo não fosse registrada.

Ações como a que resultaram na prisão do proprietário do Caldinho do Nenen serão cada vez mais rotineiras. A Celpe informou que está intensificando o combate a fraudes no consumo de energia em estabelecimentos comerciais e indústrias.

Os furtos de energia respondem por cerca de 8% da carga distribuída pela concessionária. Anualmente, são desviados, aproximadamente, 1.305 GWh (gigawatts) da rede de distribuição, prejuízo para a empresa e para toda a sociedade.

No decorrer de 2017, o plano para coibir o furto de energia deve consumir R$ 121 milhões.

Denúncias
Ao constatar evidências de irregularidades, a Celpe formaliza denúncia à Secretaria de Defesa Social. Furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro. A legislação estabelece punição de dois a oito anos de prisão para o infrator. 

Veja também

"Tomem a vacina que a esperança não deixa de acabar", disse a primeira vacinada em Pernambuco
Coronavírus

"Tomem a vacina que a esperança não deixa de acabar", disse a primeira vacinada em Pernambuco

Momento histórico: vacina contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez em Pernambuco
Coronavírus

Momento histórico: vacina contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez em Pernambuco