Resultado do Enem é divulgado, mas candidatos reclamam de site fora do ar

Horário de divulgação do resultado também foi alterado em cima da hora, logo após o início de coletiva de imprensa com a presidente do Inep e o ministro da Educação

Internautas comentam na página do Inep revoltados com o atraso na divulgação dos resultadosInternautas comentam na página do Inep revoltados com o atraso na divulgação dos resultados - Foto: Reprodução / Twitter

Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 já estão disponíveis na página do participante. A previsão era de que eles fossem liberados na página do Inep às 11h do horário de Brasília (10h no horário local) desta quinta-feira (18), mas uma mudança de horário pegou os candidatos de surpresa, assim como site fora do ar durante boa parte da manhã e mesmo após a liberação dos resultados. 

Leia também:
Aumenta número de notas zero nas redações do Enem
Antecipado, resultado do Enem poderá ser consultado pelo candidato
Como recuperar a senha do Enem 2017

A mudança no horário de divulgação do resultado foi anunciada logo depois do início da entrevista coletiva da presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Infês Fini, e do ministro da Educação, Mendonça Filho. A divulgação ocorreu às 12h do horário de Brasília (11h local).

São estimados cerca de 110 mil candidatos acessando simultaneamente a página do participante. Questionado sobre as reclamações dos candidatos, o ministro Mendonça Filho afirmou que o sistema está preparado para receber a grande demanda de acessos. "Nós investimos fortemente na melhora dos equipamentos e de todo sistema de informação do Ministério da Educação e do Inep e acreditamos que o sistema deve suportar o grande afluxo de estudantes", afirmou o ministro.

Enquanto aguardavam a liberação e mesmo após às 11h, candidatos reclamavam de não conseguir acessar o site. Nas redes sociais, eles comentavam no perfil Inep, chegando a ironizar a pontualidade da instituição.

As notas do exame poderão ser utilizadas para concorrer a vagas em cursos superiores em universidade públicas através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ou instituições particulares por meio do Programa Univerdade Para Todos (ProUni), bem como cursos técnicos através do Sisutec.

Os candidatos que solicitaram isenção das taxas da prova e não compareceram ao exame deverão apresentar justificativa para que continuem a ter direito ao benefício na edição deste ano. A solicitação de isenção no Enem 2018, diferente de edições anteriores, será realizada com antecedência na página do participante.

Houve redução no número de candidatos no Enem 2017. O ministro informou que isso se deu em função de o exame não mais garantir o certificado de conclusão do Ensino Médio. Entretanto, o Inep ainda dispõe do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) que confere o certificado de conclusão do Ensino Médio.

Veja também

Jornalista mexicano é assassinado na fronteira com os EUA, o sexto em 2020
Mundo

Jornalista mexicano é assassinado na fronteira com os EUA, o sexto em 2020

Astrônomos detectam planeta errante do porte da Terra vagando pela Via Láctea
Universo

Astrônomos detectam planeta errante do porte da Terra vagando pela Via Láctea