Educa Mais Brasil

Revalida 2020: avaliação registra mais de 16,5 mil inscritos

Em comparação com a última edição, número é 114% maior

MédicosMédicos - Foto: Agência Educa Mais Brasil

Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira, o Revalida 2020, registrou mais 16,5 mil inscritos. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo processo seletivo, o número é 114% maior que o número de candidatos registrados na última edição do Revalida.

Apesar de a legislação em vigor prever o exame a cada seis meses, o Revalida não é feito desde 2017. A última edição teve 7.380 inscritos, dos quais 393 foram aprovados. A edição de 2020 conta com 16.547 candidatos inscritos. Dos profissionais de medicina que vão participar este ano, 51,8% (8.016) são mulheres e 48,2% (7.466), homens. O Inep registrou, ainda, médicos de 57 nacionalidades. Brasileiros (10.720), cubanos (2.700) e bolivianos (980) correspondem às três nacionalidades com mais inscritos. Por outro lado, foi confirmada a inscrição de profissionais com diplomas originados por 63 países distintos. Bolívia (7.154), Cuba (3.928) e Paraguai (2.400) deram origem à maioria dos certificados.

Perfil dos inscritos:

51,8% (8.016) são mulheres

48,2% (7.466) são homens

64,7% (10.720) são brasileiros

16,3% (2.700) são cubanos

5,9% (980) são cubanos

Cronograma do Revalida 2020
Prova teórica: 6 de dezembro
Divulgação dos gabaritos: 8 de dezembro
Recurso dos gabaritos: 8 a 14 de dezembro
Resultado da prova escrita: 8 de fevereiro

O que é o Revalida?
 O Revalida é destinado aos brasileiros ou estrangeiros que tenham conquistado o diploma de medicina em uma universidade do exterior e desejam atuar no Brasil. O exame legaliza a atuação destes profissionais em território nacional. A prova serve para verificar se o profissional formado no exterior tem conhecimentos equivalentes ao graduado no Brasil.

O exame teórico dessa edição será aplicado em 6 de dezembro, em 13 capitais e no Distrito Federal. A prova teórica é dividida em duas partes aplicadas no mesmo dia. Pela manhã, devem ser resolvidos 100 itens objetivos. Na parte da tarde, os participantes precisam responder 5 questões discursivas.

A segunda parte é uma avaliação prática, baseada em 10 entrevistas (anamneses) para diagnóstico inicial de doenças em atores que se passam por pacientes.

Veja também

Ônibus de acidente com 41 mortes não tinha registro e estava ilegal desde 2019
acidente

Ônibus de acidente com 41 mortes não tinha registro e estava ilegal desde 2019

Mundo registra maior número de mortes por Covid-19 em um único dia
Coronavírus

Mundo registra maior número de mortes por Covid-19 em um único dia