Ribeirão decreta estado de emergência

Até o momento, segundo a prefeitura, 910 famílias estão desalojadas

Chuvas em Ribeirão, na Mata SulChuvas em Ribeirão, na Mata Sul - Foto: Divulgação WhatsApp

O prefeito de Ribeirão, Marcello Maranhão, decretou estado de emergência no município depois das chuvas que atingiram a região no fim de semana. Segundo a prefeitura, em torno de 40 famílias estão desabrigadas e 910 estão desalojadas; foram 313 casas atingidas por deslizamento de barreiras, 40 parcialmente destruídas e 590 atingidas por alagamentos. Até as 16h deste domingo (28), foram registrados 295 milímetros (mm). Os bairros de Vila Rica, Ferroviária e os distritos de Aripibú e Caxangá foram os mais atingidos no município, que fica na Zona da Mata Sul de Pernambuco.

A prefeitura informou que disponibilizou seis abrigos que estão recebendo as famílias. "O gestor municipal já informou toda situação ao Governo de Pernambuco. Em decorrência dessa forte precipitação foram constatados danos em diversos prédios públicos, vias públicas, cabeceiras de pontes, estradas vicinais, galerias de águas pluviais, sistema de drenagem e danos sociais", divulgou a prefeitura em comunicado.

Chuvas em PE

O governador Paulo Câmara pediu apoio ao ministro da Defesa, Raul Jungmann, que imediatamente mobilizou as três forças no estado: exército, marinha e aeronáutica. Já estão destinando os equipamentos e pessoal em articulação com o governo estadual.

Veja também

Médicos são os primeiros vacinados com a dose de Oxford no Brasil
VACINAÇÃO

Médicos são os primeiros vacinados com a dose de Oxford no Brasil

Primeiras doses da vacina AstraZeneca/Oxford chegam a Pernambuco neste domingo
VACINAÇÃO

Primeiras doses da vacina AstraZeneca/Oxford chegam a Pernambuco neste domingo