Rithely acerta permanência no Rubro-negro até 2022

Os direitos do atleta, assediado por grandes clubes do futebol nacional, agora são 100% do Sport

O evento aconteceu na Escola Municipal Padre Pedro Aguiar, no Residencial Alto do MouraO evento aconteceu na Escola Municipal Padre Pedro Aguiar, no Residencial Alto do Moura - Foto: Divulgação SPM

Assediado por grandes clubes do futebol nacional e pivô de muito burburinho nos bastidores do Sport nas últimas semanas, o volante Rithely anunciou, em coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira, na Ilha do Retiro, a permanência no clube até 2022. O vínculo é ainda maior do que o firmado em 2014, quando foi assinado um contrato com vencimento em 2019.

Apesar do final feliz, chegar a tal acerto não foi fácil. Rithely recebeu boas propostas de Corinthians, Atlético/MG e Internacional. Todas esbarraram na alta multa rescisória do atleta, algo em torno de R$ 40 milhões.

Nos bastidores, falava-se que o jogador desejava deixar o clube e acabara chateado com os dirigentes rubro-negros. “Convoquei essa entrevista para colocar um ponto final no disse me disse. Em momento algum disse estar chateado com alguém do Sport, até porque foram as pessoas que me deram oportunidade quando eu tinha somente 20 anos”, desabafou Rithely.

O volante explicou ainda as propostas que recebeu de outros times. “As propostas que chegaram de Corinthians, Atlético/MG e Inter foram muito boas. Não vou mentir que para mim, Rithely, eram ofertas muito boas. Mas quando falei com Arnaldo Barros (presidente) e Gustavo Dubeux (vice), eles disseram que não eram boas para o clube. Disse que faria o que eles optassem e jamais faria algo bom para mim e ruim para o clube. Sei que eles também não fariam o contrário”, disse o jogador, reafirmando a ligação com o Rubro-negro. “Não iria discutir ou brigar, porque cheguei aqui pela porta da frente e no dia que vier a sair, será pela porta da frente. Já falei, mais de uma vez, que um dia quero sair, até para entrar verba para o clube, e pretendo voltar para encerrar minha carreira aqui.”

Inicialmente, a entrevista de Rithely aconteceria no último domingo, em um hotel no bairro de Boa Viagem, zona sul do Recife. Os cartolas do Sport, então, se encontraram com o jogador antes, solucionando a negociação. Em conversa com Arnaldo Barros, ficou decidido que, a partir de agora, o Sport passa a ter 100% dos direitos do volante – antes era 50% do clube e 50% de investidores. Dessa forma, qualquer negociação que o envolva, daqui por diante, será exclusivamente com o Leão. “A satisfação em manter um atleta de qualidade como Rithely é imensa”, frisou o executivo de futebol rubro-negro, Alexandre Faria. O maranhense Rithely, que está com 25 anos, defende o Sport desde 2011.

Veja também

Grandes organizações internacionais pedem para priorizar vacinação em países pobres
Vacinação

Grandes organizações internacionais pedem para priorizar vacinação em países pobres

Brasil bate a marca de 100 milhões de pessoas vacinadas
Vacinação

Brasil bate a marca de 100 milhões de pessoas vacinadas