Ritmo de testagem em PE deve acelerar nos próximos dias

De acordo com o secretário André Longo, a ideia é dar mais precisão à evolução dos casos no Estado

Cidade receberá testes da tecnologiaCidade receberá testes da tecnologia - Foto: Divulgação/Ministério da Saúde

O secretário de Saúde do Estado, André Longo, anunciou que a testagem para confirmação de casos do novo coronavírus em Pernambuco deve aumentar consideravelmente nos próximos dias. De acordo com ele, a capacidade já foi ampliada desde a quarta-feira (1º) e um novo ritmo deve dar mais precisão quanto à evolução dos registros da doença no Estado. Uma parceria com a Fiocruz do Rio de Janeiro e do Estado, com o fornecimento de kit que devem ser operados no Laboratório Aggeu Magalhães, será essencial.

"Temos o compromisso de ampliação dessa ação, inclusive esperamos a chegada de pelo menos quatro mil kit para esta quinta-feira e então começaremos a operá-los no Aggeu Magalhães até a triplicar a capacidade de testagem por dia", adiantou o secretário.

Leia também:
Mulher de 37 anos morre de Covid-19 em Pernambuco; casos passam de cem
Respiradores mecânicos em desuso em Pernambuco serão recuperados 
Quase 50% dos novos leitos de Pernambuco estão ocupados

Ainda de acordo com o gestor da pasta, o Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen) já está fazendo testagem de exames para os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ação que vai fazer com que o Estado zere a fila dos 19 óbitos ainda em investigação, causados pela síndrome. "Devemos dar o resultado desse óbitos até esta sexta-feira (3), tendo em vista a ampliação no número de testes. Pernambuco não tem fila, resolvemos o passivo que existia e não queremos nenhuma morte sem esclarecimento. É importante para o controle da epidemia e temos compromisso com essa vigilância de óbitos", ressalta Longo.

Parceria com a UFPE
Uma parceria deve ser firmada nos próximos dias, também com o intuito de ampliar a capacidade de testagem de casos para o novo coronavírus no Recife. De acordo com Jailson Correa, secretário municipal de Saúde, uma nova frente será anunciada com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e com o próprio laboratório municipal, para ter nele máquinas disponíveis para acompanhamento dos testes.

"O investimento na testagem tem sido predominante e os esforços têm sido empreendidos nesse sentido, com conversas adiantadas entre essas partes. São duas novas frentes promissoras para ampliar nossa capacidade. Não queremos ficar dependentes de uma única fonte para insumos e reagentes, por isso estamos no esforço, Recife e o Estado, para que além da Fiocruz do Rio de Janeiro e de Pernambuco, possamos ampliar o leque de fornecedores e com isso tenhamos mais testes", complementou o secretário municipal.
 

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Não há receita de bolo para harmonização facial. É preciso individualizar o tratamento
Inspiração Saúde

Não há receita de bolo para harmonização facial. É preciso individualizar o tratamento

Internado com Covid-19, idoso reencontra cachorrinha de estimação em despedida emocionante
Folha Pet

Internado com Covid-19, idoso reencontra cadela de estimação em despedida emocionante