Nasa

Robô Perseverance dá uma 'voltinha' em Marte

O veículo-robô PerseveranceO veículo-robô Perseverance - Foto: NASA/JPL-CALTECH / AFP

O veículo-robô Perseverance executou com sucesso seu primeiro teste exploratório do planeta vermelho, informou nesta sexta-feira (5) a agência espacial americana (Nasa).

O robô de seis rodas percorreu cerca de 6,5 metros em 33 minutos na quinta-feira, detalhou a Nasa.

Ele se deslocou quatro metros à frente, deu uma volta de 150 graus à esquerda, e então voltou 2,5 metros, deixando um rastro de pneus na poeira marciana.
 

"Foi nossa primeira oportunidade de explorar e levar o Perseverance para dar uma volta", disse Anais Zarifian, engenheira de testes de mobilidade no Laboratório de Propulsão a Jato em Pasadena, Califórnia.

Zarifian disse que a sessão exploratória terminou "incrivelmente bem" e representou um "enorme marco para a missão e a equipe de mobilidade".

"Nós vamos fazer algumas jornadas exploratórias maiores", acrescentou. "Isto é só o começo".

Os engenheiros da Nasa informaram que estão estudando possíveis rotas para viagens mais longas do robô na superfície de Marte.

Uma sutilmente mais longa está planejada para a sexta-feira e talvez outra para o sábado se tudo sair bem, informou a Nasa.

O robô tem capacidade para percorrer 200 metros por dia marciano, um pouco mais longo que o da Terra, e é cinco vezes mais rápido do que o Curiosity, seu antecessor, que ainda está funcionando oito anos após pousar em Marte.

O vice-diretor da missão Perseverance, Robert Hogg, disse que os engenheiros também estão preparando o primeiro voo de testes de um drone transportado pelo robô.

Hogg afirmou que a equipe responsável pelo 'rover' está calculando áreas de voo e esperava realizar o primeiro voo no fim da primavera ou no começo do verão no hemisfério norte.

Ele disse que até o momento a missão não enfrentou maiores problemas.

"Só coisas menores", afirmou. "Tudo o que testamos funcionou lindamente".

O Perseverance foi lançado em 30 de julho de 2020 e pousou na superfície marciana em 18 de fevereiro deste ano para uma missão em busca de sinais de vida passada no planeta vermelho.

A missão principal do robô durará pouco mais de dois anos, mas é provável que ele permaneça operacional muito além disso.

Nos próximos anos, o Perseverance tentará coletar 30 rochas e amostras de solo em tubos selados para serem enviadas de volta à Terra para análise em algum momento na década de 2030.

Do tamanho de um veículo 4x4, o robô pesa uma tonelada, é equipado um braço robótico de pouco mais de dois metros, tem 19 câmeras, dois microfones e um conjunto de equipamentos de última geração.

O robô é apenas o quinto a pôr as rodas em Marte e todos os seus antecessores foram americanos. A primeira vez em que um veículo pousou no planeta vermelho foi em 1997. 

Os Estados Unidos estão se preparando para uma eventual missão humana em Marte, embora o planejamento ainda esteja em uma fase muito preliminar.

Veja também

UFPE publica edital de matrícula relativo ao SISU 2021 com novo cronograma
Graduação

UFPE publica edital de matrícula relativo ao SISU 2021 com novo cronograma

Estudos afirmam que variante britânica do coronavírus não aumenta a gravidade da doença
Pandemia

Estudos afirmam que variante britânica do coronavírus não aumenta a gravidade da doença