Rony conta angústia com ausência no jogo passado e mantém confiança em retorno ao G4

Atacante não jogou diante do Luverdense após ter tomado o terceiro amarelo contra o Ceará

Rony é um dos destaques do Timbu na Série BRony é um dos destaques do Timbu na Série B - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Nos Aflitos, ao lado do meia Vinícius, o atacante Rony acompanhou o jogo entre Náutico e Luverdense, na última sexta (21), no Passo das Emas, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Roeu as unhas e ficou angustiado após a derrota por 2x1 que tirou o clube do G4 da competição. Ficar como “torcedor” é algo que o jogador não espera viver mais na competição.

“É muito ruim. Você em campo é outra coisa. Vi a angústia que o torcedor fica. Eu fiquei roendo a unha toda. É difícil ver o jogo na mão e depois escapar a vitória. ‘Cheirar’ o segundo lugar e cair para quinto. Sabíamos da importância da partida, mas futebol é assim mesmo”, afirmou.

Embora o Timbu tenha deixado o G4 da Série B, caindo para a quinta posição, o atacante segue confiante de que a equipe pode reagir na competição já nesta sexta (28), diante do Atlético/GO, na Arena Pernambuco.

“Vi a entrevista que Rodolpho deu após o jogo, dizendo que não podíamos ficar abalados com a derrota. Estamos fazendo um grande trabalho e não podemos deixar de ter fé, determinação. Vamos lutar a cada minuto porque o foco do Náutico é subir para a Série A”, completou.

Veja também

Pernambuco registra mais 99 casos e 12 mortes por Covid-19
Coronavírus

Pernambuco registra mais 99 casos e 12 mortes por Covid-19

Covid-19: governo reconhece calamidade pública na Bahia e no Ceará
Saúde

Covid-19: governo reconhece calamidade pública na Bahia e no Ceará