Rosto de um crânio de 2 mil anos pode ser conhecido em passeio virtual no Recife

Passo a passo da reconstrução do rosto da peça histórica será conhecido por meio de um óculos de passeio de realidade virtual. Evento segue até o próximo sábado, no Museu de Arqueologia da Unicap

Crânio foi encontrado na década de 1980 junto com uma flauta confeccionada com um ossoCrânio foi encontrado na década de 1980 junto com uma flauta confeccionada com um osso - Foto: Rafael Furtado

Para aproximar o público um pouco mais do mundo da ciência, o Museu de Arqueologia da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), no bairro da Boa Vista, no Centro do Recife, disponibilizará, até o próximo sábado (19), um "passeio" ao passado por meio do uso de óculos de realidade virtual. As pessoas entenderão, de forma lúdica, qual o passo a passo da reconstrução facial de um crânio de idade aproximada de 2 mil anos, o "Flautista", que teve seu rosto revelado recentemente durante solenidade no auditório dom Hélder Câmara, no Bloco A da instituição de ensino, em abril passado, conforme divulgado pela Folha de Pernambuco.

A iniciativa integra a 16ª edição da Semana de Museus, que teve início na última segunda-feira (14) e seguirá até 20 deste mês no Estado. Exposta no acervo científico do Museu de Arqueologia, a peça histórica pertence a um integrante de uma tribo indígena, encontrado durante escavação na década de 1980, no sítio arqueológico da Furna do Estrago, no Brejo da Madre de Deus, no Agreste pernambucano, junto a uma flauta feita com uma tíbia humana, o que o batizou de "Flautista".

Leia também:
Crânio de 2 mil anos encontrado no Agreste terá rosto reconstituído
Pesquisadores descobrem fósseis de dinossauro de 320 milhões de anos no RS  


"O visitante vai ter a oportunidade de ter um encontro com a imagem e interagir com o flautista por meio do óculos de realidade virtual. Ficou bem legal e interessante. Se tudo der certo, faremos disso uma exposição permanente", adiantou a coordenadora do Museu de Arqueologia e uma das pesquisadoras que participou da reconstrução do rosto do crânio, Roberta Richard.

O evento é gratuito e para o público de todas as idades. O passeio virtual estará disponível de acordo com o horário de funcionamento do Museu de Arqueologia da Unicap, das 8h30 às 16h30. O local fica instalado no Palácio da Soledade, na avenida Oliveira Lima, 824, na Boa Vista, Centro do Recife.

Veja também

Hospital Veterinário do Recife abre seleção para estágio obrigatório
Folha Pet

Hospital Veterinário do Recife abre seleção para estágio obrigatório

Cartilha explica leis trabalhistas do Brasil para imigrantes
INFORMATIVO

Cartilha explica leis trabalhistas do Brasil para imigrantes