Rubro-negros projetam jogo complicado contra a Raposa

Sport espera duelo “encardido” com o Cruzeiro, que espera melhor sorte diante do Leão, vencedor do primeiro embate

Daniel Coelho será o novo líder do PPS na Câmara FederalDaniel Coelho será o novo líder do PPS na Câmara Federal - Foto: Divulgação

 

Uma particular “final” será disputada na próxima quarta-feira, às 20h45 (horário do Recife), no estádio da Ilha do Retiro, entre Sport e Cruzeiro. O fato é que apenas dois pontos separam os adversários, posicionados na 14ª e 13ª posição, respectivamente, na tabela de classificação na Série A. E a partida terá, sim, um “título” em jogo. Segundo os matemáticos, com 46 pontos, a equipe se livra do rebaixamento para a Série B em 2017. Com este cenário, um empate interessa aos mineiros, enquanto o Leão precisa da vitória. Portanto, a semana rubro-negra promete ser de fortes emoções.

O Cruzeiro foi a única equipe que o Sport conseguiu vencer fora do Recife no primeiro turno do Brasileiro, com uma vitória por 2x1. Vale lembrar que, como visitante, os rubro-negros já haviam batido o Santa Cruz, em jogo no Arruda, pelo placar de 1x0.

Este bom retrospecto contra a Raposa, inclusive, tem servido de motivação para a equipe acreditar na conquista dos três pontos, quarta-feira. Apesar disso, o discurso tem sido de respeito entre os atletas pernambucanos.
“Sabemos que o futebol não tem isso de jogo fácil. Vencemos o Cruzeiro lá, mas temos que lembrar que tomamos um grande sufoco. Eles tiveram as primeiras chances e não conseguiram marcar, graças a Magrão, que fez grandes defesas”, disse o lateral-direito Samuel Xavier. “Não podemos esquecer que o Cruzeiro tem qualidade. Eles têm grandes jogadores e não tem jogo fácil. Estamos em casa e a obrigação de vencer é nossa”, completou o jogador leonino.

Para que o clima de decisão seja transmitido também das arquibancadas da Ilha do Retiro, a expectativa é de casa cheia. Isso porque todos os ingressos para a partida já foram reservados pelos sócios e comprados pelos demais torcedores. Assim, restam apenas as entradas dos proprietários de cadeiras de camarotes. Esta foi a terceira vez consecutiva que a diretoria do Sport promoveu entrada gratuita para os sócios em dia, além da venda de bilhetes a preço único de R$ 10 para os demais torcedores.

Recordes
Essa promoção já rendeu aos leoninos dois dos três maiores públicos do clube Sport nesta Série A. Inclusive, as duas partidas com vitórias. No triunfo por 1x0 sobre o Vitória, com 24.138 rubro-negros e mais 24.324 torcedores na vitória também por 1x0 sobre a Ponte Preta. O maior público, no entanto, presenciou uma derrota: 3x1 para o Palmeiras, com 26.719 torcedores presentes.

 

Veja também

Sonda conclui a primeira coleta de amostra em um asteroide feita pela Nasa

Sonda conclui a primeira coleta da Nasa de amostra em asteroide

Ministério da Saúde inicia 15ª missão para atender indígenas com Covid-19
Coronavírus

Ministério da Saúde inicia 15ª missão para atender indígenas com Covid-19